Três Lagoas lidera ranking dos municípios do País com maior valor de produção na silvicultura

Três Lagoas lidera o ranking dos municípios do País com maior valor de produção na silvicultura: R$ 387,5 milhões somados no ano de 2017. A cidade ainda ocupa o primeiro lugar em áreas de florestas plantadas do Brasil, com 245 mil hectares, seguida de Ribas do Rio Pardo, com 215 mil hectares.

Os dados são do IBGE, divulgados na semana passada, com os resultados da Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura (PEVS 2017), contemplando informações referentes à quantidade e ao valor da produção decorrente dos processos de exploração de florestas plantadas para fins comerciais (silvicultura), bem como da exploração dos recursos vegetais naturais (extrativismo vegetal).

Nos últimos anos Mato Grosso do Sul ampliou sua participação no setor. Em 2017, o Estado registrou um incremento de 30,4% no valor de produção da silvicultura, superando R$ 1,0 bilhão e ocupando atualmente a sétima posição entre os estados neste segmento.

Área plantada

Em área plantada, houve aumento de 6,5% em Três Lagoas no comparativo com 2016. O município encerrou o ano passado com 245 mil hectares, sendo que praticamente 100% da área é destinada ao plantio de eucalipto.

No município de Ribas do Rio Pardo, a área plantada em 2017 somou 215 mil hectares, o que representou incremento de 2,9% em relação ao ano anterior. Do total, 210 mil são de plantações de eucalipto e apenas cerca de cinco mil são destinados ao plantio de pinus.

Mato Grosso do Sul possui o maior número de municípios entre os 10 maiores em área de florestas plantadas do País. O Estado é o terceiro no ranking de área plantada da silvicultura, com 1,12 milhão de hectares.

O Estado ainda aparece em segundo lugar entre as federações produtoras de carvão mineral e em terceiro na produção de madeira em tora para papel e celulose.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here