São Paulo conta com gol contra, mas só empata e não entra no G4

O São Paulo desperdiçou na noite desta quinta-feira a chance de ingressar no G4 do Campeonato Brasileiro. No primeiro dos cinco desafios de André Jardine até o fim do ano, o Tricolor paulista não conseguiu apresentar o bom futebol almejado pelo técnico interino e ainda precisou de um gol contra para empatar com o Grêmio por 1 a 1, no Morumbi.

Com o resultado, o quarto empate nos últimos cinco jogos, o São Paulo permaneceu no quinto lugar, fora da zona de classificação à fase de grupos da próxima Copa Libertadores, portanto. O time soma os mesmos 59 pontos do quarto colocado Grêmio, mas tem uma vitória a menos (16 a 15).

Pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo enfrenta o Cruzeiro no próximo domingo, às 19 horas (de Brasília), no Morumbi. No mesmo dia e horário, o Grêmio recebe a desesperada Chapecoense em sua arena, em Porto Alegre.

São Paulo é melhor em primeiro tempo morno

Como já se esperava, Jardine mexeu no time para o duelo decisivo. Com Diego Souza e Gonzalo Carneiro lesionados, ele colocou Helinho pela primeira vez como titular e começou com Tréllez no comando do ataque. Nenê, reserva nos últimos quatro jogos, ganhou nova chance na armação, e Everton voltou a aparecer entre os 11 iniciais após quase dois meses.

E o São Paulo por pouco não abriu o placar antes de o relógio marcar um minuto de bola rolando. Após cruzamento de Reinaldo, a bola sobrou para Helinho, que bateu de primeira da entrada da área, tirando tinta da trave direita. Para frear o ímpeto inicial do São Paulo, o Grêmio trocou passes de lado à exaustão, mas sem ameaçar a meta de Jean.

Com dificuldades para entrar na defesa gaúcha, o Tricolor paulista passou apostar em cruzamentos, a maioria deles cortados pelos zagueiros do Grêmio. O time visitante, por sua vez, não conseguia encaixar seus contra-ataques, pois Everton era bem marcado por Arboleda.

O jogo só foi melhorar no fim do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Helinho tocou de letra para Tréllez, que bateu cruzado. O chute, porém, saiu fraco, e Paulo Victor defendeu. Pouco depois, após cobrança de falta, Everton pegou o rebote, mas mandou por cima. A resposta veio logo em seguida, com Everton, que exigiu grande defesa de Jean em arremate de fora da área.

Gaúchos saem na frente, mas dão empate a paulistas

O Grêmio voltou melhor para a etapa complementar e teve a primeira chance de gol. Aos sete minutos, após saída de bola errada do São Paulo, Jean Pyerre saiu livre e bateu por cima de Jean. Ligado no lance, Arboleda tirou praticamente em cima da linha.

O equatoriano, contudo, só adiou o golpe que seria desferido pouco depois. Aos 11 minutos, Madson tabelou com Ramiro pela direita e cruzou na medida para Everton na segunda trave. O atacante venceu Bruno Peres pelo alto e testou sem chances de defesa para Jean, abrindo o placar para a equipe dirigida por Renato Gaúcho.

Vendo seu time ficar nervoso em campo, Jardine fez duas alterações simultâneas: entraram Antony (estreante no profissional) e Shaylon nos lugares de Helinho e Nenê. Mas foi um jogador do Grêmio quem balançou as redes para o São Paulo. Aos 28 minutos, após cruzamento de Everton, Michel se antecipou a Paulo Victor e testou contra a própria meta, empatando a partida.

A partir de então, o Grêmio sentiu o gol e não voltou a ameaçar a meta defendida por Jean. O São Paulo, por sua vez, tentou pressionar na base do abafa e dos cruzamentos, mas não conseguiu furar a retranca gaúcha e chegou ao seu quarto empate nos últimos cinco jogos.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1 X 1 GRÊMIO

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo-SP

Data: 15 de novembro (Quinta-feira)

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (PE)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Marcelino Castro de Nazare (PE)

Público: 24.757 torcedores

Renda: R$ 759.161,00

Cartão Amarelo: Nenê (São Paulo);Everton e Jael (Grêmio)

Cartão Vermelho: –

Gols:

SÃO PAULO: Michel (contra), aos 28 minutos do 2º tempo

GRÊMIO: Everton, aos 11 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Jean; Bruno Peres, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Liziero) e Nenê (Shaylon); Helinho (Antony), Everton e Tréllez

Técnico: André Jardine (interino)

GRÊMIO: Paulo Victor; Madson, Geromel, Paulo Miranda (Matheus Henrique) e Bruno Cortez; Michel, Maicon (Cícero), Ramiro, Jean Pyerre (Alisson) e Everton; Jael

Técnico: Renato Gaúcho

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here