Principais jornais argentinos destacam derrota do River Plate para o desconhecido Al Ain

Campeão continental foi manchete nos principais veículos argentinos Foto _ Reprodução

Os principais jornais da Argentina utilizaram um misto de crítica e complacência para avaliar a eliminação precoce do River Plate contra o Al Ain, nesta terça-feira, na semifinal do Mundial de Clubes. As manchetes se dividiram entre ressaltar o fato de o clube ser o único argentino eliminado nesta fase do torneio e lembrar que dez dias atrás os mesmos atletas foram campeões da Libertadores da América.

O Olé, principal diário de esportes do país, apontou o clube millonario como alvo de uma ressaca no Mundial. Pouco tempo depois de se mostrar superior ao seu maior rival na Libertadores, o River “não conseguiu transformar a força da torcida em vitória” contra o Al Ain. O próprio jornal, no entanto, faz questão de frisar que os torcedores mostraram mais gratidão pelo título continental do que raiva pela perda do Mundial.

O Clarín foi mais crítico, questionando o fato de um clube tão tradicional cair frente a um rival que praticamente não tem feitos relevantes no futebol mundial. “Do impacto em Madri, onde ganhou a Libertadores, até essa decepção que ficará marcada no coração de cada torcedor”, escreveu o jornal.

Outro veículo respeitado do país, a TYC Sports apontou a ausência de domínio dos argentinos como o fato mais marcante do embate. Para o site de uma das principais transmissoras do esporte no país, o duelo foi de igual para igual durante toda a partida.

A partida, muito tensa e movimentada, com direito a virada, pênalti perdido pelos argentinos e prorrogação, acabou empatada pelo placar de 2 a 2. Nos pênaltis, melhor para o Al Ain, que venceu por 5 a 4, após Enzo Pérez parar no goleiro Khalid na última cobrança.

Com o resultado, o time árabe garante vaga na grande final, e agora terá pela frente o vencedor de Real Madrid e Kashima Antlers, duelo que acontece nesta quarta-feira, às 14h30 (horário de Brasília). Quem perder no duelo entre espanhóis e japoneses decide o terceiro lugar com o River Plate. (Gazeta Esportiva)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here