Defurv alerta sobre estelionatários que  usam OLX para negocias veículos

Com a negociação nas Redes Sociais como em grupos de trocas, vendas e desapega como OLX dentre outras os bandidos viram como uma oportunidade e decorrente do grande número de ocorrências denunciadas  de ocorrências de Estelionato envolvendo veículos, a DEFURV (Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Furtos e Furtos de Veículos), faz um alerta para as pessoas que costumam negociar veículos através de sites de compras e vendas, em especial o denominado OLX.

A delegacia divulgou algumas dicas para que os usuários destes grupos possam ficar alertas, já que em 2018 foram registrados 46 casos de estelionato consumado, no período compreendido entre o dia 01 de janeiro e 31 de dezembro do referido ano. No mesmo período, além dos estelionatos consumados, foram registrados outros 40 casos de tentativa de estelionato. Nos primeiros dias de 2019, foram registrados três casos de Estelionato consumado e 01 tentado.

De acordo com a delegada, as ocorrências acontecem sempre da mesma forma. E o autor acaba enganando tanto o vendedor quanto o comprador.

“Na maioria das vezes o autor entra em contato com o anunciante, negocia com ele, solicita fotos, cria um outro anúncio idêntico, mas com um valor bem abaixo do de mercado, e negocia com outro interessado. Após, intermedeia a compra e venda, fazendo com que o vendedor entregue seu veículo com recibo ao comprador e este deposite na conta do estelionatário”, explicou a delegada Aline Sinnott.

Neste sentido, a DEFURV orienta quanto à importância de verificar se a pessoa interessada no veículo realmente existe e evitar intermediação de terceiros nas negociações. “Se possível exija o pagamento em dinheiro e em caso de transferências bancárias, antes de entregarem seus veículos documentados e com firma reconhecida, certifiquem-se de que realmente o dinheiro da negociação foi depositado em suas contas e que não estão sendo vítimas de um golpe”, alerta a delegada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here