Campo Grande sedia Workshop sobre reprodução e produtividade na pecuária, no dia 22 de junho

0
7

No dia 22 de junho, Campo Grande sedia um ciclo de palestras envolvendo o tema: “Produtividade e Reprodução: Desafios, Oportunidades e suas Fronteiras” voltada para pecuaristas, veterinários e zootecnistas. O evento faz parte do movimento “Fronteiras da América”, idealizado pela Biogénesis Bagó, uma das empresas líderes de saúde animal no mercado latino-americano em parceria com a Alvorada produtos agropecuarios, e tem como objetivo encorajar os produtores a melhorar seus índices de produtividade.

As apresentações serão feitas pelo pesquisador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – CEPEA-Esalq/USP, Thiago Carvalho, pelo médico veterinário Ed Hoffmann, professor do Departamento de Reprodução Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, e pelo zootecnista Pedro Hespanha, Gerente de Produto da Biogénesis Bagó.

“A palestra terá como pano de fundo o atual momento do mercado pecuário, seus desafios e perspectivas, passando por temas como a ‘Carne Fraca’, o Funrural, a crise no JBS, assim como o ciclo da produção pecuária. O debate com os participantes visa mostrar que, apesar do momento delicado e de mudanças na cadeia, o dentro da porteira tem que deixar de lado a passionalidade e trabalhar com a razão, focando na gestão e no aumento de produtividade dos fatores de produção disponíveis da fazenda, como mão de obra, nutrição, pasto, genética e sanidade. O atual momento exige bom discernimento do setor produtivo, e quem passará por mais essa turbulência serão os pecuaristas-empresários que souberem administrar e utilizar bem esses fatores”, explica Thiago Carvalho.

O evento faz parte de uma série de workshops que estão sendo realizados pelo Brasil para multiplicar o movimento “Fronteiras da América” para mostrar aos produtores como é possível superar as fronteiras de sua produção.

“Na média, os índices reprodutivos que temos no Brasil são muito baixos perto do que poderíamos alcançar. A taxa de prenhez, por exemplo, no Brasil é em média 63%. Com alta tecnificação é possível atingir 93%.

Da mesma forma, a taxa de natalidade, que é de 58% e pode chegar a 82%; a taxa de desmame, de 50% para 90%; intervalo entre partos podemos reduzir de 20 para 14 meses. Em relação à taxa de mortalidade podemos sair de 4% e chegar a 2%. Já o Ganho Médio de Peso por dia pode aumentar de 290g para 530g, com uma taxa de desfrute que saia de 22% e atinja 35%. Melhorar os índices de reprodução fazendo uso das tecnologias disponíveis é fundamental para superar as fronteiras da produção de carne e leite de qualidade”, destaca o Gerente de Marketing da Biogénesis Bagó, Carlos Godoy.

O Workshop “Fronteiras da América” em Campo Grande será no dia 22 de junho, das 14h às 18h, na LaZucca Eventos (Avenida Três Barras, 968, Vila Vila Boas). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone 41 32020229.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here