ATUAÇÃO NA CÂMARA

Compromissado com a segurança, Otávio Trad tem projeto de incentivo à instalação de câmeras desde seu primeiro mandato (2013-2016), o vereador e advogado campo-grandense Otávio Trad (PTB) teve a segurança pública como uma de suas prioridades. Ele foi entrevistado no programa “A Bronca do Eli”, com o jornalista Eli Sousa, na Rádio Diamante FM ocasião em que falou sobre sua atuação na edilidade da Capital e, claro, abordou outros temas do momento como a eleição de outubro que se avizinha.

Na área de segurança, recentemente, o parlamentar teve dois projetos de sua autoria na área aprovados pelo Legislativo Municipal. Um deles é o Cidade Vigiada, que permite concessão de desconto de até 15% no IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) para cidadãos que instalarem em suas residências e/ou empresas câmeras de vigilância 24 horas. Aprovado pela Câmara, o projeto agora aguarda sanção do prefeito.

“Esse projeto eu realizei junto com o Delegado Wellington, assim como tenho outro para as escolas públicas que assino com o vereador AndréSalineiro.Achávamos que colocando as câmeras iríamos inibir esse criminoso, porém, hoje em dia temos inúmeras situações de segurança pública onde os criminosos sabem que estão sendo gravados e não se importam com isso. Colocamos o projeto para que as pessoas auxiliem o Executivo e tenham descontos nos impostos. Vamos marcar uma reunião com o prefeito, para explicar a importância do projeto e verificar a possibilidade de derrubar o veto para que esse projeto tenha validade dentro de Campo Grande, assim como já funciona em outras Capitais” disse Otávio Trad.

Com relação ao desconto de 15% no IPTU para quem tiver as Câmeras instaladas em sua residência, ele diz que quem vai estabelecer os critérios para essa isenção é a Prefeitura Municipal. “Como vai funcionar é por conta da Prefeitura. A Câmara estipulou até 15% para ser descontado do imposto. A definição vai depender do estudo de uma equipe responsável para ver qual será o valor para cada contribuinte que tiver essa parceria” explicou.

Seus projetos, segundo ele, têm sido bem aceitos pela população porque são debatidos entre parlamentares e os próprios cidadãos por meio das mídias sociais e mensagens encaminhadas direto ao gabinete, “Com a tecnologia temos o contato direto com as pessoas e os projetos têm sido bem aceitos, todos dão as suas opiniões e dizem o quanto é importante para o desenvolvimento da nossa cidade”.

Na área de educação, o vereador aprovou, em 2017, projeto que cria em Campo Grande, a Semana de Valorização do Patrimônio Histórico e Cultural da cidade, que será realizada sempre no mês de agosto. Durante, a semana, os locais tombados como patrimônio histórico serão palcos de atrações artísticas como shows, apresentações teatrais, espetáculos de dança, exposições, tudo gratuito. A lei que institui a semana é 5.817/17.

“Muitas crianças não conhecem os patrimônios e os centros históricos da própria cidade, alguns preferem ir para São Paulo, Rio de Janeiro, para fazer essa visita. Com isso buscamos valorizar os locais que temos aqui em Campo Grande, como a Morada do Baís, o Camelódromo, o Museu José Antônio Pereira, entre outros”, enfatiza.

LIXO – Sobre a questão do lixo, Otávio Trad afirmou que “quando a Lei veio para a Câmara, nós conversamos com o Prefeito e ele disse que o problema não foi na Lei e sim na forma de passar aquela Lei para a população. Então ele revogou assim que percebeu as falhas. Mas, alterou o formato e separou o valor do IPTU para ressarcir aqueles que haviam realizado o pagamento do carnê antes da alteração. Foi um erro que aconteceu e erros acontecem, mas você tem que ter humildade para reconhecer o erro” reconheceu.

O vereador Otávio Trad disse que “aqueles que já pagaram o IPTU com a taxa de lixo daquele valor e não foram até a prefeitura para ser ressarcido, vai receber na sua casa uma carta de crédito, aquilo que foi pago a mais, vai ser descontado no ano que vem no próximo pagamento. Aqueles que procuraram a prefeitura para ser ressarcido, já receberam o valor de volta” pontuou.

As obras inacabadas consideradas “elefantes brancos” na cidade de Campo Grande, como a antiga rodoviária, o Aquário do Pantanal, o vereador Otávio Trad diz que, “essas obras inacabadas têm que ser discutidas em um nível mais amplo, uma vez que são heranças de outras gestões”. Ele entende que tem de ter uma solução, pois, “tudo aquilo que foi investido acaba não sendo utilizado e o povo pagando a conta. Eu acho que vai muito da vaidade dos governantes e temos que discutir muito isso”.

Com relação à antiga rodoviária ele enfatiza que “ até disseram para que os vereadores fossem transferidos para lá, fizemos uma comissão, fomos até lá, porém os engenheiros disseram que era mais fácil construir um novo prédio para a Câmara do que levar ela pra lá. Colocaram no lugar a Guarda Municipal e estão tentando encontrar uma solução para aproveitar a estrutura” relata.

PEDIDOS DOS VEREADORES – Para que o Prefeito Marquinhos Trad atenda a população os vereadores têm trabalhado incansavelmente em algumas regiões de Campo Grande. “Cada parlamentar conhece mais uma região ou outra e com isso os 29 vereadores conseguem atender a todos os bairros. A maioria das indicações são de tapa-buraco e iluminação e isso tem sido constantemente feito no governo do Marquinhos” esclareceu.

Sobre os buracos nas ruas asfaltadas, Otávio Trad diz que a validade do asfalto campo-grandense já venceu faz muito tempo “e com isso você tapa um buraco e em seguida abre outro”. Segundo ele, “o prefeito Marquinhos foi em busca de recurso para iniciar a substituição do asfalto em algumas regiões, da massa asfáltica vencida para a nova”.

Ele relata que a administração municipal está atuando em várias regiões da Capital na recuperação de ruas e não se esquece de citar também as melhorias na iluminação pública. “Entramos naquele ponto em que a Prefeitura tem em estoque uma grande quantia de lâmpadas de led, mas, foi suspensa novamente a troca das lâmpadas. OU seja, a prefeitura tem as lâmpadas mas não pode utilizá-las, por conta de problemas na licitação de compra”.

Com relação às eleições 2018, Otávio diz que “o PTB esteve em algumas cidades do interior levando o nome do partido” relata que, quanto a ele, independentemente de ser ou não ser candidato irá participar do processo eletivo por ser vereador e por ser político.

“O partido vai apoiar para o Governo do Estado aquele que estiver mais preparado, temos três vias confirmadas, que estão se colocando como candidato que é o ex-governador André Puccinelli, o governador Reinaldo Azambuja e o ex-juiz Odilon de Oliveira. O Nelsinho {Trad, ex-prefeito de Campo Grande e presidente estadual do PTB} tem conversado com todos os candidatos. Esteve presente em todos os lançamentos, filiação, pré-candidatura e na questão da presidência do MDB do André, ele também esteve presente” disse.

Para Otávio Trad, o momento é de de conversar e principalmente “ouvir a população no interior e na Capital. Não tive nenhuma posição com relação ao meu nome, então o meu trabalho é voltado ao meu mandato, a atender a população. Sou o único vereador do PTB e vamos ver lá na frente” conclui.