Foto: Assessoria PMCG

Do esporte ao lazer, passando por cursos profissionalizante e incentivo a cultura. Essas são as áreas beneficiadas neste ano por cinco ações elaboradas pela Subsecretaria da Juventude e que terão parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

De acordo com o coordenador de ações da Subsecretaria da Juventude, Wilson Lands, a ideia é facilitar o acesso de alunos da Reme do 9º ano a cursos preparatórios para o Enem e profissionalizantes.

“Neste ano vamos andar juntos para atender a maioria dos estudantes. Quem não for beneficiado diretamente, ainda poderá usufruir com a família de ações que levarão diversos tipos de serviços à comunidade. É importante essa parceria devido a credibilidade da Semed”, disse Lands.

A primeira atividade, programada para ocorrer já em março, é a Ação Jovem, que neste ano entra em sua sexta edição, totalizando 3,9 mil atendimentos. O foco é a promoção de ações interligadas com as secretarias municipais, atléticas das universidades, empresas privadas, exército, entre outras entidades públicas e privadas, que possam ofertar uma gama variada de serviços, como realização de consultas e exames, atividades de lazer, apresentações culturais, corte de cabelo gratuito, atividades esportivas, culturais, além de orientações medicas e jurídicas.

Já a Semed levará técnicos para esclarecer quanto às matrículas, além de divulgar as demais ações da secretaria.

A edição de 2018 vai acontecer nas Moreninhas, em uma praça que será revitalizada. “Queremos deixar um legado aos locais em que a ação vier a ser realizada, não se tornando somente uma mera passagem dos serviços”, destacou Lands.

Outra parceria será através do cursinho Levanta Juventude, que proporciona aulas de preparação para a realização do Exame Nacional do Ensino Médio, de forma gratuita, para alunos que estão concluindo o Ensino Médio e egressos de escolas públicas.

Também na área de educação será oferecido curso de capacitação profissional  para jovens que procuram a oportunidade do primeiro emprego, levando em consideração a linguagem, comportamento e interesses, por meio de dinâmicas, palestras, oficinas e treinamentos.

O curso irá oportunizar atividades que abordam temas como comportamento organizacional, relacionamento interpessoal no trabalho, marketing pessoal, ética e postura e técnicas de coach.

Para os jovens que desejam iniciar carreira no universo da tecnologia, o Telecentro da Juventude é uma opção para as pessoas com idades entre 15 e 29 anos, de obter uma qualificação com certificado na área da computação. Para este ano, a ideia é atender também alunos da Reme, na faixa etária de 14 anos.

A vantagem é que os cursos oferecidos atendem à demanda do empresariado, que busca, cada vez mais, pessoas com habilidades e aptidões específicas.

Na área de cultura, a subsecretaria realizará, com a participação de alunos da Reme, o Festival da Juventude, que visa revelar, valorizar e promover jovens talentos, incentivando a cultura musical. O evento deve ocorrer na arena do Horto Florestal, proporcionando um intercâmbio e troca de experiências entre os jovens músicos e intérpretes.

Para a secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, a parceria vai além de ajudar na divulgação dos cursos, pois, além de atender os alunos da Reme, também beneficiarão as famílias através das ações sociais.

“Para nós é fundamental oferecer mais oportunidades aos nossos jovens. Nossa missão é proporcionar um atendimento de qualidade e quanto mais cedo eles forem preparados, mais chances profissionais terão”, disse a titular da Semed.

Grêmios

A parceria entre a Semed e a Subsecretaria da Juventude também terá continuidade quanto à formação dos grêmios estudantis, ação que teve início em 2017 e será ampliada este ano.

Segundo a secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, a ideia é aproveitar os grêmios já constituídos e desenvolver um trabalho de conscientização sobre a importância da preservação do patrimônio público.

“Uma das funções dos grêmios é trabalhar a cidadania, por isso vamos elaborar ações juntos no sentido de valorizar e cuidar das unidades escolares”, afirmou a secretária.

No ano passado foram empossados 11 grêmios estudantis eleitos pelos alunos da Rede Municipal de Ensino.

Fonte: Assessoria PMCG