Prefeitura e Ufms firmam parceria para trocar tecnologias e desenvolver softwares

0
2

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação, firmou na tarde desta segunda-feira (5) um protocolo de intenções com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Na prática, o termo é uma parceria entre as entidades, onde ambas vão trocar informações e tecnologias para desenvolver ferramentas que venham dar soluções aos problemas da cidade.

De acordo com o prefeito Marquinhos Trad, o momento é mais que oportuno e deve trazer resultados importantes para a população campo-grandense. “O Marcelo Augusto é um amigo de longa data e coincidiu de o mandato dele na UFMS ser junto com o meu aqui na Prefeitura. Conversamos e vimos que poderíamos trabalhar juntos para melhorar a nossa cidade”, disse.

“Mas independentemente do nome que esteja a frente da instituição, sabemos da importância da UFMS e tenho a certeza que todos os gestores sempre vão estar abertos para atender Campo Grande”, completou.

A assinatura do protocolo de intenções é o primeiro passo para firmar projetos em conjunto entre a Prefeitura, Agetec e a UFMS. Durante o ano que se passou foram realizadas várias reuniões com a Faculdade de Computação (Facom) no intuito de viabilizar ações conjuntas entre a fábrica de softwares da UFMS e a Agetec para o desenvolvimento de soluções tecnológicas e de inovação que apoiarão a gestão municipal em busca de melhorias nos serviços prestados aos cidadãos.

Paulo Fernando Cardoso, diretor-presidente da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação, frisou a importância desta parceria. “A UFMS vem nos recebendo há tempos e este protocolo é só o inicio de um caminho muito interessante que vamos trilhar. Haverá intercâmbio acadêmico, de professores, de software e não vai envolver apenas tecnologia”, disse.

Feito isto, os próximos passos serão a execução de projetos gerenciados cooperativamente entre FACOM e AGETEC já previstos para o ano de 2018, com o início da operação das atividades na fábrica de softwares da UFMS.

Para o reitor Marcelo Augusto Turine, a ação conjunta entre UFMS e PMCG é uma grande oportunidade de aproveitar o conhecimento e a pesquisa desenvolvida no meio acadêmico e implementar em Campo Grande.

“Aproximar para soluções praticas que venham ajudar a Prefeitura, como por exemplo com aplicativos para que dinamicamente possa receber informações e ajudar na tomada de decisões. Muito importante para fortalecer a Agetec nessas soluções”, disse.

A ação será capaz ainda de ajudar na metodologia de ensino, pesquisa e extensão da universidade, atraindo alunos a permanecerem em Campo Grande, pois serão geradas oportunidades de emprego, e trará um desenvolvimento ainda maior de tecnologia e inovação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here