Durante abertura da Sessão Solene de Inauguração dos trabalhos legislativos de 2018, realizada nesta sexta-feira (2), na Câmara Municipal de Campo Grande, o presidente da Casa de Leis, Prof. João Rocha destacou em Plenário o trabalho realizado pelos parlamentares em 2017 e garantiu continuidade na harmonia entre os poderes para uma devolutiva positiva para a população.

O parlamentar citou alguns números dos trabalhos desenvolvidos durante o ano de 2017. “No ano de 2017 foram realizadas 115 sessões, 45 audiências públicas, foram encaminhadas para Prefeitura 40.289 Indicações e 127 Requerimentos. 61 pessoas usaram a Tribuna, 1.587 Ofícios foram recebidos, 44 mil Ofícios foram expedidos. Foram discutidos diversos projetos de lei, decretos, resoluções, essas são as ferramentas que nós temos, e assim estamos usando. Em cima disso, podemos prestar contas do nosso trabalho, esses números falam por nós. Atuamos junto à comunidade com a Câmara Participativa, indo até os bairros, visitando órgãos públicos, esse é nosso papel, fiscalizar e orientar”, apontou Prof. João Rocha.

Ainda segundo Prof. João Rocha: “A Escola do Legislativo vem atuando fortemente no sentido de oferecer cursos de capacitação profissional, criamos também a Ouvidoria e a Controladoria, aperfeiçoamos a transparência, assinamos convênios de repasses de recursos importantíssimos para destravar projetos que precisavam de contrapartida. A Câmara de vereadores busca essa harmonia entre os poderes, trabalhando junto com o Governo Estadual e Prefeitura Municipal, proporcionando uma devolutiva positiva para a nossa cidade”, destacou.

“Na busca dessa proximidade com a população, a Câmara de Campo Grande possui  o aplicativo Câmara Ativa, para que a população possa baixar no seu celular e enviar suas indicações, além dos totens itinerantes, da transmissão no Facebook ao vivo das sessões e audiências”, complementou.

Por fim, o parlamentar reafirmou seu compromisso com a população. “Depois de eleitos, temos o compromisso com todos os cidadãos. Acertamos e erramos, mas não podemos ter má-fé, você tem que estar sempre na boa intenção, pois é assim que vamos poder olhar nos olhos dos nossos colegas, do prefeito, dos secretários, e falar a verdade. É isso que o cidadão espera de nós, nos momentos difíceis que nós demonstramos a nossa parceria, é muito fácil falar de harmonia, integração, e na hora da dificuldade tirar o corpo fora. Estamos juntos para acertar e errar, para fiscalizar e orientar. Não é só Executivo e Legislativo, tem Judiciário também. Temos que resolver juntos nossas dificuldades, e esta Casa de Leis está preocupada com isso. Estudamos todos os projetos de lei que vem para cá, assim, vamos nos ajudando, uns aos outros. E não fazemos nada além da nossa obrigação, que é cuidar da nossa cidade. Com esse bom relacionamento, sempre com diálogo a frente, vamos cumprir com a missão que nos foi entregue pela população”, garantiu.