PSB avalia candidatura própria, mas não descarta alianças em MS

0
2

A direção estadual do PSB trabalha com a possibilidade de ter candidatura própria ao governo estadual, no entanto caso não viabilize este nome, deve buscar alianças e apoiar outra legenda. Foi o que explicou o deputado estadual, José Carlos Barbosa (PSB).

O parlamentar garante que o partido tem bons quadros para disputa estadual, como o presidente da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul), Ricardo Ayache, assim como do ex-prefeito de Dourados, Murilo Zauith. “Primeiro trabalhamos com candidato próprio, para dar protagonismo ao partido”, disse ele.

Barbosa admite que caso não haja uma definição do candidato, o partido pode optar por outro projeto ao governo estadual. “Em um segundo momento, não descartamos fazer as devidas alianças, e compor um grupo para eleição, estas decisões sairão nos próximos meses”, pontuou.

A direção estadual do PSB esteve ao lado do PSDB, na eleição de 2016 em Campo Grande e indicou o candidato a vice do MDB, no pleito estadual de 2014. Na época a escolhida foi a pastora Janete Morais, na chapa com Nelsinho Trad. O partido tem no momento dois vereadores em Campo Grande (Carlos Borges e Francisco Gonçalves) e um deputado estadual, José Carlos Barbosa.

Comando

Após a saída da deputada federal Tereza Cristina, coube ao prefeito de Coxim, Aluízio São José, assumir de forma provisória, o comando estadual do partido. Barbosinha ponderou que haverá um diálogo dentro da legenda, para resolverem eventuais mudanças na direção.

“Na época estava como secretário (Segurança) por isto declinei da direção, mas como voltei a ser deputado, vamos conversar sobre esta possibilidade e resolver por consenso. O PSB precisa fortalecer as bases e ter mobilidade”, explicou Barbosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here