Campo Grande

Vereadores aprovam sete Projetos e mantêm dois Vetos na sessão desta terça-feira

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram sete Projetos e mantiveram dois Vetos do Executivo Municipal na sessão ordinária desta terça-feira (14).

Em única discussão e votação foram mantidos dois Vetos parciais do Poder Executivo. O Veto Parcial ao Poder Executivo ao Projeto de Lei n. 8.552/17, que autoriza a criação da Biblioteca Itinerante – Manoel de Barros no município de Campo Grande-MS e dá outras providências. A proposta é de autoria do autoria da vereadora Dharleng Campos.

Também o Veto Parcial ao Poder Executivo ao Projeto de Lei n. 8.474/17, que autoriza o Poder Executivo a criar o Programa “Escola para o Sucesso”, no município de Campo Grande – MS. A proposta é de autoria do vereador Carlão.

Em segunda discussão e votação foram aprovados quatro Projetos. O Projeto de Lei n. 8.539/17, que estimula a agricultura urbana no município de Campo Grande – MS, e dá outras providências. A proposta é de autoria dos vereadores Ademir Santana, Prof. João Rocha, Dr. Lívio e Eduardo Romero.

O Projeto de Lei n. 8.542/17, que autoriza o Poder Executivo a regulamentar a profissão de condutor de ambulância no âmbito do município de Campo Grande- MS. A proposta é de autoria dos vereadores Fritz e João César Mattogrosso.

Também o Projeto de Lei n. 8.543/17, de autoria do vereador André Salineiro e Eduardo Romero, que institui a Semana Municipal da Justiça Restaurativa.

E o Projeto de Lei n. 8.545/17, substitutivo ao Projeto de Lei n. 8.471/17, que institui o Programa “Pracão” em praças e parques públicos de Campo Grande/MS, e dá outras providências. A proposta é de autoria dos vereadores Lucas de Lima, Veterinário Francisco e Eduardo Romero.

Já em primeira discussão e votação foram aprovados outros três Projetos. O Projeto de Lei n° 8.604/17, de autoria da vereadora Enfermeira Cida Amaral, que institui a Semana de Prevenção de Queimaduras no município de Campo Grande a ser realizada anualmente na primeira semana de junho e dá outras providências.

Também o Projeto de Lei n. 8.616/17, de autoria dos vereadores André Salineiro e Eduardo Romero, que dispõe sobre a obrigatoriedade no âmbito do município de Campo Grande, a colocação de placa em obra pública municipal paralisada contendo exposição dos motivos de interrupção.

E, por fim, o Projeto de Lei n. 8.618/17, de autoria do vereador Junior Longo e Dr. Wilson Sami, que institui o Programa de Prevenção e Combate ao 2º abandono no âmbito do município de Campo Grande e dá outras providências.