Dákila Pesquisas e União de Vereadores do Brasil se reúnem na cidade gaúcha de Iraí

O Grupo Impacto MS através do radialista Eli Sousa acompanhou o presidente da Dákila, Urandir Fernandes,  até o Rio Grande do Sul para conferir de perto a reunião

Na expansão de seus estudos de corpos celestes e dos projetos de empreendedorismo, o presidente da empresa científica Dákila Pesquisa, Urandir Fernandes, esteve nesta quinta-feira (15), na cidade gaúcha Iraí, situada a 458 quilômetros da capital, Porto Alegre, para se reunir com o presidente da União de Vereadores do Brasil (UVB), Gilson Conzatti.

A reunião teve o intuito de discutir parcerias que visam ampliar a divulgação de trabalhos científicos do grupo Dákila bem como outras ações que fomentem os municípios brasileiros. A empresária Carol Godoy, apresentadora do programa “Sem Segredos” e o radialista Eli Sousa, acompanharam os trabalhos do ufólogo Urandir Fernandes junto ao parlamentar gaúcho, Gilson Conzatti.

“Foi a intenção de parceria com a UVB através do Gilson e são os projetos que vão ao encontro dos nossos interesses de pesquisa, desenvolvimento econômico, tecnologia e inovações. Isso faz crescer através da economia e, com certeza, uma parceria que fomenta com o comércio local”, explicou o ufólogo e empresário Urandir Fernandes que lembra que a visita já vinha sendo desenhada há algum tempo, “É uma proposta desde abril, ainda em uma viagem nossa em Brasília”.

Para o vereador e presidente da UVB, Gilson Conzatti, a chegada de Urandir em Iraí é algo de extrema importância tanto para o município como para a União de Vereadores do Brasil. “A UVB tem papel fundamental de levar conhecimento para a população  brasileira. Quando a Dákila apareceu em nossa vida foi um ganho extraordinário. Tanto que nós estamos, agora, no mês de setembro com uma palestra do Urandir, em Fortaleza [Estado do Ceará]. Em outubro, estaremos em São Luiz, no Estado do Maranhão, levando esse conhecimento e essa pesquisa que ele tem feito muito bem”, afirmou.

“Digo sempre que ele está despertando nas pessoas, talvez, algum sentimento que não tinha. Uma forma das pessoas buscarem, tentar entender ou ao menos buscar uma discussão de um tema que o Urandir faz muito bem e com muita convicção. E, tudo em cima de pesquisa, não são palavras faladas no ar”, garantiu o parlamentar municipal.

Quem concorda com Gilson Conzatti é a empresária Carol Godoy. “Acho que o que a gente procura levar é a informação e que possamos aprender com tudo isso. Acompanho o trabalho do Urandir já há algum tempo e estar aqui em Iraí para conhecer as atividades do município é, sem dúvida, um ganho para todos nós”, destacou.

Localizada no extremo norte do estado gaúcho, Iraí faz fronteira com o Estado de Santa Catarina, conhecida também pela potencialidade de cura das suas águas termais. Outro ponto que, possivelmente, tem chamado a atenção do grupo Dákila, conforme pontuou o vereador Gilson Conzatti. “Temos a melhor água termal do mundo. Ela é uma água com propriedades medicinais, uma água que cura. Muitas pessoas vieram, no passado para cá a fim de fazer tratamento de 21 dias. Eram pessoas que chegavam em cadeiras de rodas, por exemplo, e com o tratamento, apenas com a água, já saíam caminhando”, lembrou.

A cidade ainda é próspera na sua cultura e belezas naturais. “Iraí tem muita pedra preciosa, a pedra ametista que tem muita energia. Temos uma cidade que tem muitas matas, muitos rios, a cultura indígena. Então, tudo isso são complementos que vão fazendo a história do município. Existem muitas termas em todo o mundo, mas em qualidade de minérios e energia a água de Iraí é vista como a melhor do Brasil. A água termal de Iraí fica atrás apenas da França, que é considerada a melhor do mundo”, revelou.

Amanhã, 16 de agosto, Urandir Fernandes já retorna com sua comitiva para Mato Grosso do Sul. Já na próxima semana, o presidente da Dákila Pesquisas será homenageado na Câmara Municipal de Campo Grande, no dia 21 de agosto (quarta-feira) com o título cidadão campo-grandense.

“Eu e todo o grupo Dákila estamos numa expectativa boa quanto ao evento. Muito mais do que a própria homenagem em si, que já é motivo de muita honra, esperamos que no evento a gente possa construir mais um laço de conhecimento, de amizade se expandir cada vez mais as pesquisas. O grupo Dákila está agradecido por esse reconhecimento que está ocorrendo”, frisou.

Da capital sul-mato-grossense, o pesquisador segue para o município de Corguinho. “De 22 a dia 30 de agosto, nós vamos comemorar essa homenagem em um evento na cidade de Zigurats e, aproveitamos a oportunidade para convidar a todos que queiram ir que compareçam e venham comemorar conosco”.

Além das honrarias conquistadas, Urandir quer celebrar também todos os feitos científicos já feitos pela equipe Dákila Pesquisas. “Temos muitas novidades em relações aos astros. Nossos estudos não se restringem a Terra Convexa e as Anomalias dos Astros. No último eclipse solar que teve [dia 2 de agosto] nossa equipe esteve no Chile. Lá, registramos os melhores momentos do fenômeno e, em paralelo a isso, fizemos pesquisas diferenciadas em que foram observadas outras anomalias, ou seja, novos estudos em que foi observado um novo corpo celeste que, em épocas passadas já pesquisavam a respeito, andavam atrás desse objeto, chamado Sol Negro, muitas pessoas conhecem por esse nome porque ele emite luz ultravioleta que ilumina a Lua”.

Hotel Iraí, onde ocorreu a primeira reunião do grupo

Por fim, o ufólogo garantiu que muitos dados devem ser divulgados pelos estudiosos da Dákila Pesquisas. “Além disso, tivemos outra descoberta extraordinária algo bombástico que nós vamos falar mais sobre o assunto dentro de um documentário e, possivelmente, na rádio Segredo FM. Vamos revelar esse segredo que a astronomia mundial não sabe, não conhece esse fenômeno. Trata-se de uma descoberta ao acaso, enquanto, procurávamos este novo astro que é o Sol Negro”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here