Deodápolis comemora 43 anos com administração austera, moderna e organizada

Prefeito Valdir Sartor comandou comemorações que constaram de lançamento e inaugurações de obras

Prefeito e primeira-dama de Deodápolis _ Impacto News

O município de Deodápolis comemorou na última segunda-feira, 13 de maio,43 anos de emancipação político-administrativa. Para marcar a data, a administração municipal, comandada pelo prefeito Valdir Sartor (MDB), realizou diversas atividades esportivas e cívico-culturais, além de promover a inauguração de obras realizadas na atual gestão e o lançamento de um pacote de obras que contempla vários bairros da cidade com pavimentação asfáltica e drenagens. Na quinta-feira, 9 de maio, Valdir Sartor recebeu o radialista Eli Sousa e foi entrevistado para o programa “Bronca do Eli” nas rádios Diamante FM e Segredo FM. Eis a íntegra da entrevista:

IMPACTO MS – Como se encontra a atual situação do município de Deodápolis?

VALDIR SARTOR – A situação é bem melhor do que a que encontramos no dia 1º de janeiro de 2017. Naquela ocasião, encontramos um quadro totalmente adverso para um gestor. Mas, graças a Deus, conseguimos reverter a situação. Primeiro, fizemos a moralização da administração pública e continuamente vimos organizando a administração pública municipal. Nós nos orgulhamos do que fizemos até agora. Nós temos orgulho dos pilares da administração de Deodápolis que está calcada na moralidade e na organização. Trabalhando sob estes pilares conseguimos fazer importantes investimentos em obras e serviços nas áreas de infraestrutura, de saúde, de educação e da iluminação pública.

IMPACTO MS – Qual foi a primeira medida tomada pelo senhor, assim que assumiu o comando do município de Deodápolis?

VALDIR SARTOR – Medidas de austeridade e mais austeridade. Para assumir o controle das contas públicas, porque na história de Deodápolis nunca houve uma gestão que tivesse controle das contas, que conseguisse pagar os funcionários até o quinto dia útil, muito menos pagar os fornecedores e os prestadores de serviços em dia, sem endividar o município.

IMPACTO MS – Depois de dois anos e meio de administração o senhor lançou um pacote de obras jamais visto no município. No que consiste esse pacote de obras?

VALDIR SARTOR – Na verdade foi um mega-lançamento de obras que aconteceu no sábado, dia 11, oito horas da manhã. Como forma de comemorar o aniversário da cidade, além das obras que lançamos, efetuamos a inauguração das obras executadas pela municipalidade no atual exercício.

IMPACTO MS – Na área de infraestrutura quais foram as obras lançadas?

VALDIR SARTOR – Pavimentação e drenagem de vias urbanas, beneficiando um grande número de moradores da área urbana. Pontes e cascalhamento de estradas vicinais, beneficiando a classe produtora rural. Na nossa cidade, as áreas que não receberem obras e serviços de pavimentação e drenagem agora, serão cascalhadas. Toda a iluminação pública será trocada. Passaremos a utilizar lâmpadas de LED que são mais duradouras e econômicas. Essa mudança acontece antes do fim do ano.

IMPACTO MS – Quantos metros de asfalto o senhor pretende executar nessa primeira etapa?

VALDIR SARTOR – Nossa meta é atingir 100 mil metros quadrados de ruas e avenidas pavimentadas. Já temos recursos viabilizados e contratos assinados para a execução de um total de 62 mil e 700 metros quadrados de ruas a serem pavimentadas.

IMPACTO MS – Na área rural a situação era difícil quando o senhor assumiu o mandato. E, agora, como está a área rural de Deodápolis? Está melhorando e qual o número de pontes o senhor pretende construir?

VALDIR SARTOR – Na nossa gestão serão construídas 33 pontes que já estão programadas. Dentro da programação de aniversário da cidade, entregamos a 17ª ponte executada pela municipalidade. Também prosseguiremos com o cascalhamento das vias rurais que estão com mais dificuldade para transitar. Ainda há muito o que se fazer pela área rural. Nós estamos atentos para que nenhum cidadão de nosso município tenha prejudicado o seu direito de ir e vir.

IMPACTO MS – Na área da Saúde, por exemplo, quais são os investimentos?

VALDIR SARTOR – Na área de saúde, até o momento foram investidos apenas em equipamentos mais de um milhão e 500 mil reais. Foram adquiridos nove veículos, dos quais sete já foram incorporados à frota municipal. Constantemente nós incluímos novos serviços a serem prestados aos nossos concidadãos.

IMPACTO MS – Na área da Educação?

VALDIR SARTOR – A modernização, o acompanhamento para a melhora da qualidade do ensino tem sido uma preocupação constante da administração municipal. Temos proporcionado a capacitação dos nossos profissionais de educação, pois queremos oferecer às nossas crianças a melhor escola infantil do município.

IMPACTO MS – Na área social o senhor tem algum programa que vem se destacando em termos de investimentos visando beneficiar as famílias carentes?

VALDIR SARTOR – Nós priorizamos o social. Quando se obtém um recurso federal a gente destina as verbas para as áreas habitadas por essa população que tem mais dificuldade em pagar obra de infraestrutura como a pavimentação asfáltica. A troca das lâmpadas da iluminação pública para as luzes de LED fizemos primeiro na periferia da cidade, nos bairros sociais, contemplando essas pessoas que estão lá vivendo com mais dificuldades do que os demais moradores da cidade.

IMPACTO MS – Em termos de geração de emprego e renda, quais os incentivos que o município vem dando aos investidores?

VALDIR SARTOR – Durante esse período de crise que vive o país não é fácil trazer esses investimentos ao município, porque poucos são os empresários que estão apostando. Mas, temos em vista frigorífico de peixe, fábrica de ração. São projetos que estão em andamento. Temos outros projetos que não dá para divulgar, porque estamos em fase inicial de conversações. Temos grandes empresas sucroalcooleira nas cidades localizadas na vizinhança que empregam centenas de pais de família que habitam o nosso município. Isso faz com que o desemprego não é um problema tão grave para nosso município. Sabemos que o correto é buscar investimentos para o município, mas isso ocorrerá no momento oportuno.

IMPACTO MS – O Governo do Estado tem apoiado a administração do município de Deodápolis?

VALDIR SARTOR – O Governo do Estado tem sido um grande parceiro do nosso município. Vários projetos foram executados graças a parceria firmado com o Estado. Atualmente, temos um projeto em parceria com o Governo do Estado de revitalização nossas avenidas, que dará uma cara nova à nossa cidade.

IMPACTO MS – Dos 24 deputados estaduais, quais têm ajudado o município?

VALDIR SARTOR – Temos 14 deputados estaduais que ajudam o município. Talvez não me lembre os nomes de todos. Mas, temos o Barbosinha, o Onevan de Matos, Júnior Mochi, Rnato Câmara, Eduardo Rocha, Cabo Almi, ex-deputado João Grandão, Zé Teixeira. São 14 deputados estaduais que colocaram emendas e são parceiros do nosso município. Isso é um fato inédito para Deodápolis. Tradicionalmente, eram dois ou três deputados estaduais ajudando a cidade. Agora, resgatamos a credibilidade administrativa e política do município. Quando a gente chega no parlamenta, ele não se recusa em liberar algum recurso ao município e é assim que vamos tocando a máquina administrativa e melhorando a qualidade de vida da população de Deodápolis.

IMPACTO MS – E a nível federal? A bancada federal tem trazido recursos?

VALDIR SARTOR – Sim. Os grandes volumes, os recursos maiores são da bancada federal. Do ex-ministro Marun (MDB), do Dagoberto Nogueira (PDT), do ex-deputado Zeca (PT), do Vander (PT). Temos mais parceiros. Podemos citar que dos 11 representantes federais tivemos parceria de nove deles.

IMPACTO MS – Dos três senadores, quais deles têm ajudado Deodápolis?

VALDIR SARTOR – Na verdade, precisamos citar cinco senadores. O ex-senador Pedro Chaves (PRB) foi um grande parceiro nosso. O ex-senador Moka (MDB), um parceiro especial. Hoje, a senadora Simone Tebet (MDB) e o Nelsinho Trad (PSD) são nossos parceiros. Com o Nelsinho já sentamos e conversamos e há um compromisso dele com o nosso município. E a gente espera ter os recursos para que possamos melhorar a vida das pessoas que vivem aqui.

IMPACTO MS – Como está a situação, em Deodápolis, em termos de relações institucionais entre os poderes Executivo e Legislativo?

VALDIR SARTOR – Não temos problemas. Nossa relação é de respeito. Uma relação republicana. Os vereadores entendem que não há mais espaço para o Legislativo ser um puxadinho do Executivo. Imperam a consciência e a relação republicana. Sem troca de favores. Não temos tido qualquer tipo de problema com os nossos vereadores que têm atuado sempre com as ações voltadas ao bem estar da nossa população. (Fotos do site Impacto News). 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here