Em entrevista exclusiva à Rádio Diamante Fm, ao programa “ A Bronca do Eli”, com o Jornalista Eli Sousa, o cantor sertanejo e advogado, Édipo Barbosa, fala sobre a sua carreira e os lugares por onde tem levado a sua música.

Em busca do sucesso e do reconhecimento musical, Édipo fala sobre a sua carreira, “Há 5 anos eu venho batalhando em Mato Grosso do Sul para mostrar a nossa música, já tive dupla, porém, agora estou em busca da minha carreira solo”, aponta.

Nascido e criado no município de Bonito, interior do Estado, Edipo diz que as maiores influências são os sertanejos Raiz, entre eles, duas das suas grandes inspirações são Almir Sater e Delinha, “Eu cresci ouvindo Almir Sater, Delinha, que são dois grandes cantores do Estado”.

Buscando reconhecimento nacional, Edipo Barbosa já se apresentou em festivais, em programas de TV, em barzinhos de Campo Grande e outras cidades, “Já fiz shows em São Paulo, já fui em alguns programas de Tv, fiquei 2 anos com uma dupla e 3 anos com outra, agora há 1 ano estou fazendo carreira solo, cantei em Bonito, em Rochedo tive a oportunidade de cantar com a Delinha há 2 anos”, enfatiza.

Citando os cantores de MS com reconhecimento nacional, “Munhoz e Mariano, Maria Cecilia e Rodolfo, Michel Teló, Jads e Jadson, abriram as portas para o reconhecimento dos cantores sertanejos aqui de Mato Grosso do Sul, isso facilita um pouco mostrar os nossos trabalhos pelo País”, diz Édipo Barbosa.

Edipo Barbosa foi convidado a tocar no Rancho do Tio Léo, no próximo dia 29, na “Feijoada do Jota”, evento beneficente em prol do Jornalista Jota Menon, parceiro do Grupo Impacto MS de Comunicação, “Com certeza estarei presente levando um pouco do meu trabalho”, diz.