Indicações do vereador João César Mattogrosso para semaforização de rotatórias da Capital serão atendidas pelo Executivo

0
8

Na última terça-feira (18), a Prefeitura Municipal de Campo Grande anunciou a revitalização das principais rotatórias da Capital, que serão contempladas com semáforos para melhor fluidez do trânsito. A rotatória da Gury Marques com a Interlagos, conhecida como rotatória da Coca-Cola, será a primeira a receber o investimento, semelhante ao que acabou com o congestionamento na rotatória da Via Parque com a Mato Grosso.

Atento ao tema, o vereador João César Mattogrosso (PSDB) encaminhou ao Executivo no início do primeiro ano de mandato (2017) o pedido para revitalização e instalação da Via Parque. Na sequência, no mês de Julho, o parlamentar apresentou os pedidos para semaforização das rotatórias das avenidas Gury Marques, Euler de Azevedo e Três Barras.

Os estudos de viabilidade realizados pela Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) prevêem o orçamento de R$ 1 milhão para a semaforização dos locais. Segundo o titular da pasta, Janine de Lima Bruno, a ordem de serviço para este projeto será dada após a assinatura do contrato com o Consórcio CAM, que venceu a licitação para manter a sinalização de trânsito da Capital. A expectativa é de que até a próxima sexta-feira (20) o contrato seja assinado.

Após a ordem de serviço, o consórcio procederá estudos (que em média duram 15 dias) sobre o tráfego no local, com contagem de veículos, indicação precisa dos horários de pico, no sentido bairro/centro e centro/bairro, com um trabalho que envolve registro fotográfico e vídeo do movimento. Estes dados servirão de subsídio para elaboração do projeto que definirá o tempo de cada sinal (vermelho ou verde), conforme a demanda de fluxo.

O diretor-presidente da Agetran explicou ainda que a opção por instalar semáforos na rotatória da Gury Marques com a Interlagos, em vez de um viaduto, levou em conta o custo muito menor da intervenção, com a mesma eficácia, e a maior rapidez na implantação. “O viaduto custaria em torno de R$ 40 milhões e demoraria pelo menos dois anos para ficar pronto. A semaforização deve custar R$ 1 milhão e pode ficar pronta em até 90 dias”, conclui.

Para o vereador João César Mattogrosso, autor da indicação, o expressivo aumento da frota de veículos de Campo Grande reflete em problemas de mobilidade urbana. “O intenso fluxo de veículos nas rotatórias da Capital gerou um gargalo na mobilidade urbana, por isso esta indicação reflete uma necessidade da população, para que haja melhor fluxo de veículos”, destaca.

O parlamentar enfatiza a satisfação pelo atendimento desta demanda, haja vista a extrema importância para o município. “Reivindicações desta natureza foram uma das nossas primeiras ações no legislativo municipal. Fico feliz em ver que o Poder Executivo está conseguindo nos atender, não sendo uma reivindicação apenas minha, enquanto vereador, mas de toda população”, pontuou.

Outros pontos também receberão intervenções semelhantes, sendo as rotatórias das avenidas Tamandaré com Euler de Azevedo; Três Barras com Marques de Lavradio; Joaquim Murtinho/Ceará e Eduardo Elias Zahran/Joaquim Murtinho.

De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul, atualmente a frota de Campo Grande é de 554.289 veículos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here