Em homenagem alusiva ao Dia do Povo Paraguaio, Dr. Sami reconhece dedicação de empresário e guarda municipal

Países vizinhos, Brasil e Paraguai mantêm fortes laços histórico, político e cultural. Mato Grosso do Sul é um dos estados fronteiriços com o país e essa proximidade geográfica faz com que a comunidade paraguaia integre o cotidiano sul-mato-grossense, em especial na cultura e gastronomia.

Para homenagear os irmãos fronteiriços, a Câmara Municipal de Campo Grande realizou na quarta-feira (13) a Sessão Solene em homenagem ao Dia do Povo Paraguaio.

E vereador Dr. Wilson Sami (MDB) reconheceu a importância de dois descendentes paraguaios: Ramão Barros Cordeiro e Germano Peralta Barbosa.

“São dois descendentes de paraguaios que honram suas raízes e desenvolvem importante papel social em Campo Grande, terra que acolheu seus familiares. São homens honrados e dignos de nosso reconhecimento”, avalia Dr. Sami.

Natural de Ponta Porã, Ramão Barros Cordeiro é casado com Leonça Benitez Cordeiro e atualmente atua na Guarda Municipal de Campo Grande. Preocupado com o bem-estar de sua comunidade, também é conselheiro do PSF Vila Corumbá há mais de 15 anos.

“Não esperava este reconhecimento, mas fico muito feliz. É um orgulho representar suas raízes”, afirma o homenageado.

Germano Peralta Barbosa nasceu em Campo Grande, onde atua como empresário. Sua maior referência é sua mãe, Maximiana Peralta Barbosa, a quem dedica a homenagem.

“É um orgulho poder representar o povo de minha descendência, o povo da minha mãe que já faleceu. É uma homenagem à memória dela”, avalia.

A solenidade que celebra o Dia do Povo Paraguaio em Campo Grande foi instituída na Câmara Municipal por meio da Resolução n. 1.251/17 e da Lei n. 5.629/15, em alusão ao dia 14 de maio, quando se comemora a independência do país vizinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here