Emborrachamento da pista de atletismo no Ayrton Senna é iniciado

Os testes de aderência do material ao piso de concreto já começaram e, se o tempo ajudar, a partir da próxima semana começa o trabalho de emborrachamento da pista de atletismo em construção no Parque Ayrton Senna.

WhatsApp Image 2019-07-18 at 11.51.35Serão aplicados 6.300 metros de lona emborrachada, importada da Alemanha, distribuídas em 126 rolos de 50 metros, na pista de 400 metros, com oito raias. A previsão é que o trabalho seja concluído em 40 dias.

O serviço será supervisionado pelo baiano Geraldo Vitorino de Melo, que há 12 anos percorre o Brasil executando este trabalho.  Ele garante que a lona a ser usado na pista do Ayrton Senna é  o que há de melhor entre os materiais para revestimento de pista.

Equipes da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos concluíram a terraplanagem do campo em torno da pista (que será gramado). O campo será usado para as competições de salto com vara; salto a distância e lançamento de dardo. Também está em andamento a construção do prédio que abrigará os vestiários, banheiro e alojamento, com 200 metros quadrados de área construída.

A obra foi iniciada após cinco anos de entraves. O prefeito Marquinhos Trad teve que fazer gestões em Brasília ao longo de quase dois anos para resgatar os recursos alocados junto ao Ministério dos Esportes. O projeto sofreu algumas readequações para inclusão de gradil para cercar a pista e uma arquibancada de 400 metros quadrados com capacidade para 400 pessoas.

Está programada ainda a instalação de uma iluminação especifica para a pista em seis torres. Serão investidos aproximadamente R$ 8,5 milhões, computando recursos federais (R$ 6,909 milhões) e R$ 1,685 milhão da Prefeitura, incluindo os R$ 920 mil de um financiamento em fase de contratação na Caixa Econômica (o Finisa).

Na opinião do presidente da Fundação Municipal de Esportes, Rodrigo Terra, a pista  via estimular a prática do atletismo na cidade.   Será a primeira pista de atletismo emborrachada de Mato Grosso do Sul, que passará a fazer parte  do circuito nacional de competições de atletismo. “Estamos organizando, junto a Federação de Atletismo de MS, um calendário com treinamentos e competições para os próximos anos e com isso garantiremos a utilização do espaço com qualidade”, comentou Rodrigo Terra.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here