Especialista em Medicina Integrativa, Alinne Murakami fala sobre tratamento do autismo na “Bronca do Eli”

Radialista Eli Sousa e médica Alinne Murakami _ Impacto MS

A médica Alinne Murakami, especialista em Medicina Integrativa direcionada ao tratamento do Autismo foi a entrevistada da manhã de sexta-feira no programa “Bronca do Eli” nas rádios Segredo FM e Diamante FM com o radialista Eli Sousa. Num animado bate-papo a reconhecida profissional comentou os avanços obtidos no tratamento de diversas doenças graças ao emprego dessa nova técnica medicinal.

Alinne Murakami explicou que a Medicina Integrativa é a modalidade de tratamento que vai buscar as causas, as bases das doenças para só então tratá-las. E o tratamento vai desde as crianças até os adultos. “Na busca pela causa da doença podemos encontrar uma deficiência de vitaminas, de sais minerais, um desvio na flora microintestinal” relata a médica.

Segundo ela, todos os problemas acabam resultando inúmeras alterações metabólicas nas pessoas, sejam elas crianças, sejam adultas. Segundo ela, “quem tem câncer, mal de Alzheimer, autismo, todos podem e devem ser tratados através da Medicina Integrativa com maiores e melhores chances de cura plena” relata.

Ela foi enfática em afirmar que a grande revolução da Medicina Integrativa é exatamente essa proposta de buscar a base da doença para só então partir para a fase curativa. Ela citou como exemplo a depressão que tem ligação com o intestino, segundo ela, “o nosso segundo cérebro, só que não-pensante”. Para a Dra. Alinne, a Medicina Curativa vai buscar os problemas do intestino que levam à depressão para só então iniciar o tratamento.

Ela diz que toda doença é falta de alinhamento mente-corpo-espírito. Segundo seu ponto de vista, se o espírito não está em paz, começa a criar toxinas e formar bases que levarão a alguma doença. “Por exemplo: a pessoa que não está em paz com seu espírito fica mais susceptível às doenças autoimunes” explicou.

Durante toda a entrevista a médica abordou várias questões, mas deu ênfase ao tratamento do autismo, lembrando, por exemplo, a importância da alimentação do paciente. “O cuidado com a alimentação é uma etapa muito importante no tratamento da criança autista. Há estudos que confirmam que o consumo de determinados alimentos influenciam nas funções neurológicas e de comportamento. Estudos na área sugerem a adoção de alguns hábitos alimentares que são capazes de atenuar os sintomas do Transtorno do Espectro Autista (TEA)” afirmou a profissional.

A Dra. Alinne Murakami tem consultório na Rua Sebastião Lima, 1.302, sala 5, e pode ser contatada também pelo telefone (67) 98128-8066. No facebook o contato pode ser feito através do link www.facebook.com/pg/DraAlinneMurakami.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here