Grêmio perde para o Caxias

O Grêmio conheceu sua primeira derrota em 2017. Neste domingo, no estádio Centenário, a equipe levou 2 a 1 do Caxias, pela segunda rodada do Campeonato Gaúcho. Os gols foram marcados pelo atacante Gilmar, ambos no segundo tempo. Bolaños diminuiu para o Tricolor.

Com o resultado, o Grêmio ficou parado nos três pontos, e viu o próprio Caxias alcançar a mesma pontuação, após estreia com derrota para o Novo Hamburgo. No saldo de gols, o Tricolor ainda está à frente dos rivais deste domingo.

Na próxima rodada, os comandados de Renato Gaúcho encaram o Passo Fundo, em casa. Antes disso, na quarta-feira, a equipe encara o Flamengo, pela Primeira Liga. O Caxias, por sua vez, volta a campo no sábado, para enfrentar o Internacional, fora de casa.

Grêmio perdeu a primeira na temporada (Foto: Divulgação/Gremio FBPA)
Grêmio perdeu a primeira na temporada (Foto: Lucas Uebel/Gremio FBPA)

O jogo – O Grêmio teve ótima chance logo aos 7. Ramiro serviu Pedro Rocha, dentro da área. O atacante, porém, não acertou a mira, e bateu por cima da trave. A resposta veio aos 11. Wagner teve a chance na cara de Grohe, mas também errou, arrematando pelo alto.

Depois do começo movimentado, a partida ficou mais morna na metade da primeira etapa. Nova chance apenas aos 31. Pedro Rocha cabeceou firme, mas Marcelo Pitol salvou os donos da casa. No minuto seguinte, o arqueiro voltou a trabalhar, em falta cobrada por Douglas.

Sem maiores emoções no fim dos 45 minutos iniciais, a partida foi ao intervalo com o placar inalterado. O destaque do primeiro tempo foi o alto número de cartões amarelos. Foram cinco, sendo três para o Caxias e dois para o Grêmio.

No primeiro minuto da segunda etapa, Jailson tentou marcar para o Tricolor, mas sua finalização foi desviada. Aos 6, o zagueiro Edson Borges respondeu, e por pouco não abriu o placar para os mandantes.

Aos 9, o árbitro Jean Pierre Lima marcou pênalti para o Caxias, em toque de mão do zagueiro Kannemann. Na cobrança, Gilmar não desperdiçou, e colocou o time da casa em vantagem: 1 a 0.

E, aos 16, a situação piorou ainda mais para a equipe de Renato Gaúcho. O mesmo Gilmar aproveitou escanteio cobrado por Reis e superou Grohe, em boa cabeçada, fazendo 2 a 0. Aos 22, Edson Borges quase fez o terceiro, também de cabeça.

O Grêmio se perdeu após os gols sofridos e não conseguiu pressionar em busca da reação. Assim, o Caxias se mostrava mais perto do terceiro do que os visitantes do primeiro tento. Aos 31, Wagner quase fez em cobrança de falta. Logo na sequência, Thiago Machado parou em boa defesa de Marcelo Grohe.

Renato ainda tentou adiantar seu time, colocando o equatoriano Bolaños no lugar do volante Jaílson. E deu certo, pelo menos para diminuir o placar. Aos 48, o estrangeiro descontou, definindo o placar final: 2 a 1.

Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *