As cotações do frango vivo fecharam estáveis, refletindo a dificuldade no escoamento da produção neste início de ano.

O mercado mineiro até exibiu leve recuperação de R$ 0,05 ontem (30), sendo cotado a R$ 2,70/kg, mas os analistas afirmam ser um movimento pontual.

Para Fernando Iglesias, da SAFRAS & Mercado, a perspectiva ainda é de queda nas cotações no curto prazo, em linha com o lento escoamento da carne de frango entre o atacado e o varejo.

Já em São Paulo, desde o início do ano a ave viva recuo 15,3%. Assim o frango vivo está estável há oito dias, em R$ 2,50/kg, queda de 3,8% em sete dias.