Marquinhos quer revisão da taxa de água para menor

0
6

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad,  participou na manhã desta quarta-feira (8) da 1ª Reunião Comunitária 2017 do Programa Afluentes da Águas Guariroba. Nesta ação, a concessionária abre as portas da empresa para que representantes da comunidade tirem dúvidas e apresentem as demandas dos moradores em assuntos relacionados à água e ao esgoto.

Pela primeira vez, desde que o programa surgiu em 2008, um prefeito da Capital participou do encontro. Na oportunidade, o prefeito Marquinhos Trad conheceu o programa e cobrou da Águas Guariroba ações que venham beneficiar a população, como: revisão da taxa de esgoto, revisão da cobrança mínima, melhoria nos poços de visitas e conserto do asfalto quando cortado para a ligação de esgoto.

“Hoje estou aqui ao lado de muitos que comecei a minha caminhada na vida política. Estou aqui para parabenizar a iniciativa da Águas Guariroba, mas também para cobrar. A água está muito cara. A minha manifestação é de que possamos revisar a tarifa mínima, não entra na minha cabeça o cidadão consumir 3mᶟ e ser cobrado em 10mᶟ”, afirmou o prefeito Marquinhos Trad.

Presidente da Águas Guariroba, Guillermo Deluca, confirmou que a Prefeitura já está em conversação com a empresa. Segundo ele, já estão sendo feitos levantamentos técnicos a respeito de todos os custos para poder se chegar a um consenso.

“Já estamos estudando uma maneira de ver as solicitações da Prefeitura. Não temos como dar um prazo, porque são estudos muito técnicos, são muito detalhes, mas isso já está sendo levantado”, afirmou.

Em relação ao Programa Águas Afluentes, ele explicou que desde que o projeto começou a Águas Guariroba tem recebido as lideranças comunitárias e as demandas dos bairros. “É uma forma de estreitar os laços com a comunidade e melhorarmos os nossos serviços. É muito importante termos um canal de comunicação. Com isso,  não só mostramos o que estamos fazendo, apontando nossas metas e planejamento, como também recebemos as necessidades dos usuários de forma que podemos melhorar os nossos serviços”, frisou.

Para o líder comunitário do bairro Maria Aparecida Pedrossian, Jânio Batista, que falou em nome de todos, o projeto é importante, exatamente, por encurtar o caminho entre a comunidade e a concessionária. “Temos a facilidade de ter acesso à diretoria da empresa e pontuar nossos problemas. Somos colaboradores da Águas Guariroba e da Prefeitura de Campo Grande ao apontar as necessidades de cada região”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here