2017 inicia-se nutrindo esperanças para as exportações mato-grossenses de carne bovina, visto que janeiro registrou um volume exportado maior que o do mês de dezembro, fato que não ocorria há seis anos.

Mato Grosso exportou em janeiro/17 25,37 mil TEC (toneladas de equivalente carcaça), 38,71% a mais se comparado com o mesmo período do ano passado, a receita obtida foi de US$ 81,07 milhões. Dentre os países importadores, o complexo China/Hong Kong continua sendo um dos principais a comprar carne bovina matogrossense, na comparação com janeiro/16 o país obteve um aumento de 103,26%.

E, embora as exportações de janeiro/17 tenham registrado valores favoráveis, isso não deve tranquilizar a indústria, pois o mercado interno é o que impera na bovinocultura de corte, e com sua demanda desaquecida, as exportações não conseguem suprir as necessidades das empresas, funcionando apenas como uma “válvula de escape”

Leia o boletim na íntegra no site do Imea.

Fonte: Imea