Mesmo internado paciente realiza sonho de casar

0
2

Três dias antes de realizar o sonho de oficializar o seu casamento, um acidente de trânsito fez com que o produtor rural, Carlos Augusto Canuto de Morais, 52, do município de Rio Verde, viesse para Santa Casa de Campo Grande, e interrompesse por mais alguns dias o desejo de casar. O casamento civil estava marcado para acontecer no dia 24 de março, mas apesar do susto e das dores o sonho de se casar com a mulher da sua vida era ainda bem maior.

Juntos há doze anos, o relacionamento do casal gerou um fruto, o pequeno Antônio de cinco anos de idade. A esposa, Sandra Varnier Canuto de Morais, 42, conta que desde o início entendeu que juntos iriam construir uma linda história de amor. “Eu estava na igreja beijando os pés de Jesus e pedindo um companheiro que me completasse. E quando virei para o meu assento vi ele entrando e fiquei mexida, e logo disto nos reencontramos em uma das visitas”, diz a esposa.

Hoje é uma data muito importante para o casal, o dia do “sim”, o dia concretizar aquilo que foi desejado a muito tempo desde de que se conheceram. “Eu já conhecia ela como agente de saúde. Com o contato cada vez mais próximo fez com que eu a pedisse em namoro com o objetivo de casar e constituir uma família, e tudo isso aconteceu com o consentimento das nossas famílias”, explica o esposo emocionado.

Em um dia comum para Carlos, o destino lhe reservava grandes acontecimentos, mas este não era o fim desta história. Após uma manobra indevida e mal executada por um condutor, o produtor acabou sendo atingido pelo veículo lesionando sua coluna fazendo com que o mesmo passasse por uma drenagem tórax e um procedimento na coluna.

Com a data marcada para o dia 24 de março, o tão sonhado “casório” teve que ser adiado, foi então que entrou em ação a cúmplice e peça fundamental nesta história. “Um dia minha irmã, Sônia Mara, veio me fazer uma visita e falou que em poucos dias nós iriamos realizar o nosso sonho de se casar, foi inacreditável, ela organizou tudo”. Mesmo que de forma adaptada o casamento aconteceu na enfermaria onde o produtor está internado, não faltou economia com os preparativos da noiva e do noivo, tudo aconteceu como “manda o figurino”.

A equipe multiprofissional participou, os amigos participaram, os familiares também e até os pacientes e acompanhantes das outras enfermarias que passavam pelos corredores durante o ato tiveram a oportunidade de presenciar a união. Foi um momento único vivido pelo casal, onde a emoção envolveu a todos os presentes. “Eu estou muito emocionado, sei o quanto isso é importante pra mim e minha esposa, agora nós iremos comemorar com a festa em nossa casa, mas isso assim que recebermos alta. Os dias aqui tem sidos ótimos e obrigado a todos por fazerem deste dia o melhor”, conclui emocionado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here