MP e Polícia investigam suposta irregularidade com jogador da Copinha

0
3

A suposta irregularidade que envolve a documentação do jogador Brendon (foto), do Paulista, na disputa da Copa São Paulo, já superou a esfera esportiva. Na noite deste domingo, em nota oficial, a Federação Paulista de Futebol (FPF)  confirmou as investigações envolvendo o caso. Além disso, colocou que Ministério Público e a Polícia estão trabalhando juntos para resolver a situação.

Foto: Reprodução

“A Federação Paulista de Futebol informa que recebeu denúncia referente a uma suposta irregularidade no registro do jogador Brendon, do Paulista Futebol Clube LTDA. Todas as informações e notícias relacionadas ao caso já estão sendo apuradas com todo rigor pela corregedoria e ouvidoria da FPF, pelo Ministério Público e pela Polícia. Nesta segunda-feira, a FPF voltará a se manifestar com uma definição”, explicou a nota da entidade.

A polêmica começou quando o Batatais entrou com ofício na FPF pedindo apuração de uma possível adulteração de idade de Brendon, do Paulista. Segundo a denúncia, o atleta estaria usando os documentos de outra pessoa e não teria idade para disputar a Copinha. Dentro de campo, no confronto entre os semifinalistas o time de Jundiaí sobrou em campo e marcou 5 a 1 na manhã deste domingo.

Em entrevista ao Mesa Redonda, da TV Gazeta, Alberto Luiz de Souza, empresário de Brendon, explicou que conhece o atleta desde o ano passado. Em conversa após a polêmica, ele falou que o jovem assegura a veracidade de seus documentos.

Batatais entrou com ofício pedindo apuração da FPF (Foto: Reprodução/Facebook)
Batatais entrou com ofício pedindo apuração da FPF (Foto: Reprodução/Facebook)

“Temos que aguardar o desenrolar, para ver o que vai acontecer, mas o próprio Paulista entrevistou o garoto, falou sobre esse fato. Eu falei também, hoje mesmo, ele citou que não tem nada a ver e não deve nada. O garoto disse que estava tranquilo. O Batatais está no direito de pedir esclarecimentos, é complicado”, afirmou.

Representantes do Paulista estiveram na Arena Barueri para acompanhar a definição da outra semifinal da Copinha em que o Corinthians eliminou o Juventus. O clube de Jundiaí aguarda uma posição sobre o caso.

O artigo 25 do regulamento da Copa São Paulo fala sobre o caso de atletas atuarem com idade adulterada. “Caso seja comprovado, tanto durante quanto após a realização da Competição, que algum atleta inscrito tenha participado com documentação adulterada ou informação falsa, o Clube do atleta infrator será eliminado da Competição em curso e poderá ser excluído de suas 05 (cinco) próximas edições”, explica o texto.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here