Programa de prevenção ‘Casal Grávido’ leva atenção a casais

0
3

Foto: Ernesto Franco

O programa busca prevenir os principais problemas que possam aparecer durante a gestação por meio de palestras e aulas práticas com profissionais de todas as áreas relacionadas à saúde do bebê.

Proporcionar atenção, esclarecimentos e instruções ao casal para o desenvolvimento saudável do bebê, desde o útero materno; é esse o objetivo do programa de prevenção “Casal Grávido”, que realizou mais uma edição no último sábado (18). O programa, que é desenvolvido pela Cassems desde 2011, busca prevenir os principais problemas que possam aparecer durante a gestação por meio de palestras e aulas práticas com profissionais de todas as áreas relacionadas à saúde do bebê, como Pediatria, Anestesiologia, Obstetrícia, Enfermagem e acompanhamento nutricional. Neste ano, o “Casal Grávido” vai acontecer uma vez por mês e os interessados em participar devem ligar no (67) 3309-5351.

A diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, explica que, na edição deste ano, os participantes serão acompanhados mais de perto até depois do nascimento do bebê. “A novidade deste ano é que estamos ampliando as atividades físicas, colocando mais horários disponíveis, e fazendo um acompanhamento mais apropriado para o casal. Então, quem estiver participando do programa vai ter um cuidado inteiro até os 45 dias após o pós-parto”, conta a diretora.

Um dos momentos mais descontraídos do curso é quando os pais experimentam um pouco do que as mães passam durante toda a gestação, ao ser convidados a usarem uma barriga postiça que simula a barriga da gestante. Para a diretora, é importante que o pai siba e sinta as mudanças que acontecem no corpo da mãe enquanto espera um bebê.

“Durante a gravidez, a dinâmica do corpo da mulher muda e isso, às vezes, é estranho para o homem, então, a gente propõe que os pais usem a barriga para que ele sinta, nem que por um pequeno período, o que mãe sente durante nove meses”, explica.

O militar Isaias de Arruda Silva e a servidora pública Cinthia Danielly Silva estão casados há 12 anos e agora esperam o primeiro filho. Para Isaias, além da emoção de ser pai pela primeira vez, sentir o “peso” da barriga da mãe faz com que ele vivencie ainda mais a gestação.

“Nós estamos casados há doze anos e estava faltando um filho para completar a nossa família. A gente sonhou bastante, planejou muito e ele está chegando no momento certo. A emoção de ter o primeiro filho é grande, mas a gente está bastante confiante e estou achando muito legal carregar essa barriga para a gente ter uma pequena noção do que a mãe sente e assim me sinto mais participativo”, aponta Arruda.

A mãe salienta a importância dos cuidados que a gestante deve ter, principalmente com a alimentação e com a prática de atividades físicas.

“Eu li muito, me preparei para a gravidez, mas tive muitas informações aqui e, inclusive, quebrei alguns mitos, principalmente sobre a anestesia. Eu recomendo que as grávidas levem muito a sério a questão da atividade física e da alimentação porque, quando eu resolvi engravidar, procurei orientação nutricional e atividade física. Eu mudei o meu estilo de vida e foi fundamental  para ter uma gestação tranquila, então, eu só sei que estou grávida porque a barriga cresceu, porque não tive nenhum desconforto e acredito que foi devido a essas medidas”, avalia Cinthia.

De acordo com a enfermeira e doula Simone Albuquerque, os casais têm várias dúvidas e quando essas são sanadas, os pais e mães se sentem mais seguros para a chegada do bebê.

“O casal tem muito medo e a mãe tem muitas dúvidas sobre a amamentação. O primeiro mês do pós-parto é muito difícil e se o casal não tiver uma rede de apoio acaba desistindo da amamentação. A maior dúvida é sobre o curativo da região umbilical, porque os pais têm medo de mexer ali. Então, os casais carregam muitas dúvidas em um curso como o ‘Casal Grávido’, eles tiram as dúvidas e ficam muito empoderados para fazer tudo sozinhos em casa”, afirma a enfermeira.

As dúvidas que Cinthia tem sobre a anestesia né bem comum entre as gestantes e, segundo a anestesista Amani Mancini, quando ela é desmistificada, só traz benefícios ao parto. “A anestesia é a parte que a gestante mais tem medo e a gente está aqui para sanar essas dúvidas, explicar que a anestesia é um procedimento seguro e que ela é uma aliada. A anestesia só vem para beneficiar o trabalho de parto, independentemente se ele normal e cesárea”, explica Amani.

Para o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, o principal objetivo do programa de prevenção é trazer tranquilidade aos pais nesse momento tão especial.

“O curso tem a grande finalidade de proporcionar ao casal uma gravidez saudável, onde o pais e mães se preparam para o nascimento de um filho que é o grande sonho do casal. Este curso tem uma abordagem multiprofissional e a finalidade é preparar o casal para uma gravidez tranquila e também que eles tenham um preparo melhor para a criação dessa criança porque os momentos iniciais do nascimento de um filho são momentos que promovem uma mudança muito grande na vida de todos os envolvidos”, pontua o presidente.

Confira o cronograma dos próximos cursos do programa de prevenção ‘Casal Grávido’ para 2017:

– 25 de março

– 29 de abril

– 27 de maio

– 24 de junho

– 29 de julho

– 19 de agosto

– 30 de setembro

– 28 de outubro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here