O ex-vereador Flávio César (PSDB), que atuou como presidente da Câmara Municipal, foi absolvido nesta tarde (10/07) pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS). Em dezembro de 2015, ele e outras 23 pessoas foram acusadas pelo Ministério Público Estadual de suposto envolvimento em esquema para cassar o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal.

Dois anos e seis meses depois, com dois votos favoráveis e um contra, o ex-vereador Flávio César foi julgado pela 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e declarado “inocente”.

O acórdão, onde os desembargadores João Maria Lós e Marcelo Raslan votaram favoráveis e o desembargador Sérgio Martins contra, de que o ex-vereador não cometeu nenhuma irregularidade no processo de afastamento de Alcides Bernal da Prefeitura de Campo Grande, deverá ser publicado amanhã (11/07). Porém, o ex-vereador já foi comunicado pelo seu advogado sobre a decisão judicial e sente-se “justiçado”. “Eu não tenho palavras de gratidão a Deus, fui paciente e esperei pela Justiça. Essa decisão teve três julgamentos adiados e eu sei da minha inocência e aguardava ansioso por esse momento”, comentou Flávio César.