Nota de Esclarecimento à população do município de Jateí

Ao longo dos últimos tempos tenho vivido momentos de grande emoção com o reconhecimento do trabalho de nível mundial que vimos desenvolvendo no Centro Dakila Pesquisas e na Cidade Zigurats o que motivou sermos alvo de homenagens prestadas por diversos organismos que representam a sociedade sul-mato-grossense e brasileira, como a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul, Câmaras Municipais de Campo Grande, Corguinho e Rochedo; Comando-geral da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso do Sul (UCVMS), União dos Vereadores do Brasil (UVB), dentre outras entidades representativas.

Isso posto gostaria de frisar que, recentemente, a Câmara Municipal de Jateí indicou meu nome para receber o título de Cidadão Honorário do Município, fato que, inicialmente, muito nos honrou por ser o reconhecimento aos trabalhos que comandamos como presidente do Centro Dakila Pesquisas e da Cidade Zigurats e que, como já frisado, é de nível mundial e tem seus reflexos diretos em todos os segmentos sociais.

Devido o grande sucesso dos estudos como os que resultaram o documentário intitulado “Terra Convexa”, foi que a Câmara Municipal de Jateí, por iniciativa do vereador Jeovavi Vieira, presidente da União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso do Sul (UCVMS), outorgou-me, com aprovação unânime de seus pares, o referido título de Cidadão Honorário.

O título que me deveria ser entregue no dia do aniversário da cidade foi proposto em reconhecimento ao trabalho que realizo em benefício da sociedade de Mato Grosso do Sul, do Brasil e do mundo dos quais faz parte o município de Jateí na condição de uma das 79 unidades municipais que formam o nosso Estado.

Venho de público agradecer a comenda a mim outorgada pelos vereadores, legítimos representantes do povo de Jateí, porém, quero deixar bem claro a todos que não sou polêmico e não quero causar polêmica; não sou político e nem almejo qualquer cargo eletivo que seja, simplesmente quero continuar realizando pesquisas junto com os demais integrantes do corpo científico do Centro Dakila Pesquisas e Cidade Zigurats e, com isso, continuar prestando serviços à sociedade de todos os municípios de nosso Estado, aí incluindo Jateí; ao Estado de Mato Grosso do Sul, ao Brasil e ao planeta.

Assim, venho agradecer mais uma vez e reafirmar que muito me honrou a Câmara Municipal ter se lembrado de meu nome para ser Cidadão Honorário de Jateí informando à população jateiense que não poderei comparecer à cerimônia programada para a data do aniversário da cidade, ao mesmo tempo em que dedico a honraria ao município de Jateí e ao seu povo que em muito têm contribuído para o desenvolvimento do nosso Estado.

Ao prefeito da cidade, Eraldo Leite, o meu sentimento de respeito por suas convicções.

URANDIR FERNANDES DE OLVEIRA

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here