Pesquisa do Procon Estadual registra 90% de variação nos preços de produtos de chocolates para a Páscoa

Assessoria de Imprensa do Procon/MS

Preocupada em orientar o consumidor quanto a aquisição de produtos tradicionais para a Páscoa, equipes da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast realizaram levantamento de preços de chocolates e ovos de Páscoa no período de 1 a 10 do mês de abril em curso.

Foram pesquisados 155 itens de oito marcas em oito estabelecimentos comerciais. Do total de itens, 72 são divulgados pelo fato de constarem na totalidade dos locais onde o trabalho foi desenvolvido. Devido à variedade de marcas e produtos, o consumidor poderá ter dificuldade em estabelecer comparativos entre os preços.

Entretanto, de maneira generalizada, o que se pode deduzir foi que existe variação de 9.0% (no caso do ovo baton garoto de 185 gramas que no Comper do bairro Monte Castelo custa R$ 43,59 e é encontrado no Walmart a R$39,99) enquanto a maior variação chega a 90.28% (levando-se em conta o ovo bis oreo, com 240 gramas, que encontrado no Fort Atacadista da Vila Célia por R$ 28,90 enquanto nas Lojas Americanas do Shopping Campo Grande o preço de venda é R$ 54,99).

Os preços foram verificados no Assai Atacadista (Mata do Jacinto), Atacadão (Coronel Antonino), Lojas Americanas e Carrefour ( Shopping Campo Grande), Supermercado Comper (Mascarenhas de Moraes), Hipermercado Extra (Tiradentes) Fort Atacadista ( Vila Célia) e Walmart ( Avenida Mato Grosso).

EVOLUÇÃO

Desenvolvendo trabalho conjunto com o setor de pesquisa e o setor de estatística, ambos do Procon Estadual estabeleceram termos comparativos determinando a evolução de preços entre os anos 2 018 e 2 019. Para que isso fosse possível, foram levados em consideração 29 itens que constavam nas duas pesquisas levando se em conta marcas e pesos.

De acordo com o levantamento, apenas um produto (ovo diamante negro) apresentou decréscimo ( -4,26%) em relação aos dois anos. Os restantes (28) comparados tiveram evolução positiva, o que representa 96,29% em termos de itens. Já se forem computados os valores médios dos ovos de páscoa e bombons comuns o percentual médio de aumento foi de 21,78%, ano contra ano. (Com informações de Waldemar Hozano e fotos do Procon/MS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here