Empresário paulista foi vítima de latrocínio; seis suspeitos foram detidos

0
1

O empresário de São José do Rio Preto (SP), Marcos Alexandre Ribeiro, de 42 anos, foi encontrado morto na tarde de segunda-feira (10) em Três Lagoas, a 313 quilômetros de Campo Grande. De acordo com o delegado Thiago Passos, seis suspeitos estão detidos. O caso é tratado como latrocínio.

Segundo Passos, o empresário foi abordado quando passava de carro em uma avenida da cidade no domingo (2). “Foi quando ele fez o último contato com a família”, fala o delegado.

O suspeito entrou no veículo e ao perceber que o motorista era dono do parque que estava próximo da cidade pediu dinheiro. “Foi abordagem eventual. Ele [suspeito] viu que era o dono do parque por causa de documentos no veículo”, diz a autoridade policial. Marcos Alexandre Ribeiro está desaparecido após viagem (Foto: Reprodução/TV TEM)

Ao saber que a vítima era empresário, o suspeito pediu mais dinheiro. “Ele [Ribeiro] não tinha mais dinheiro e foi morto”, fala o delegado. Ribeiro teve roubados um relógio, duas pulseiras e uma corrente em ouro e R$ 200. Ele foi asfixado e o corpo foi jogado perto de uma estrada vicinal, em uma área de mata e coberto por galhos.

Para ocultar o corpo, o bandido que rendeu a vítima teve ajuda de um comparsa. Os dois então contaram a mais quatro pessoas sobre o crime e estas ajudaram a queimar o carro, que foi encontrado incendiado em uma área distante de onde estava o cadáver, um dia após o latrocínio.

 As joias e o relógio roubados foram recuperados, assim como cartão de crédito e roupas do empresário, que tinham sido dadas a um dos envolvidos como pagamento pela participação na destruição do veículo.

A polícia chegou até o grupo suspeito após deter o que havia feito à abordagem ao empresário. Agora, os policiais tentam a prisão preventiva do grupo.

G1 MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here