PMA com uso de drone autua em R$ 43 mil mais um fazendeiro por desmatamento ilegal de 43 hectares de vegetação nativa

DCIM100MEDIADJI_0016.JPG

Mais um desmatamento foi localizado pela PMA, por meio de uso de drone. Este é sétimo fazendeiro autuado neste início de ano pela PMA de Jardim. Ontem (14) à tarde, por Policiais Militares Ambientais de Jardim, quando em fiscalização ambiental realizada no município de Guia Lopes da Laguna, localizaram em uma fazenda, uma área de vegetação nativa do bioma cerrado desmatada ilegalmente.

O pecuarista suprimiu a vegetação e não possuía autorização ambiental para a atividade. A madeira produto do desmatamento da floresta não se encontrava no local e já havia pastagem no lugar da vegetação. Os policiais mediram a área desmatada ilegalmente com uso de GPS, que perfez 43,27 hectares destruídos. As atividades foram interditadas.

O infrator (68), residente em Guia Lopes da Laguna, foi autuado administrativamente e recebeu multa administrativa de R$ 43.270,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *