Política

Aos gritos ‘Volta André’ toma conta da convenção do PMDB

A convenção estadual do PMDB, decidiu que o ex-governador André Puccinelli é o novo presidente estadual do partido, foi marcada pela aclamação da candidatura de André em 2018 e pela presença de lideranças políticas de diversos partidos.

Durante as falas dos integrantes do partido, eles não apenas enalteciam Puccinelli, mas também davam apoio ao seu lançamento de candidatura para disputara sucessão do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Sob os gritos de “Volta André”, pela militância do PMDB, André Pucinelli destacou as obras feitas durante os oito anos de sua gestão frente ao governo do Estado. Puccinelli também destacou que o PMDB lançará candidato ao governo do Estado. “Agradeço ao presidente Junior Mochi que bem conduziu o partido, assim como os presidentes anteriores. PMDB em festa e eu com orgulho”, disse.

A senadora Simone Tebet (PMDB) destacou que Puccinelli deixou legado no governo do Estado e que suas realizações são mostra do bom gestor. “Agora aparecerem salvadores da pátria que falam que vão resolver tudo. Puccinelli mostrou que é um excelente gestor. Tem trabalho para mostrar” destacou.

O ex-presidente do partido, deputado estadual Junior Mochi salientou a importância do evento. “Hoje é um dia histórico e simbólico. A participação de todos mostra que somos uma ave que ressurge das cinzas. Se estamos em dificuldade é através da valorização dos bons políticos que vamos superá-la”, disse Mochi.

O deputado estadual também declarou que o partido não faz “discriminação de ninguém”. “Queremos aqui uma união de forças”, definiu o parlamentar.

O senador Waldemir Moka também defendeu a ideia de que os “falsos profetas” não intimidam a decisão da sigla que é em torno do nome de André. “Que venham os falsos profetas, que venha a oposição. Mato Grosso do Sul sabe que nós temos o melhor candidato, que comprovou ser o melhor governador”, defendeu Moka.

O senador afirmou categoricamente que “não tem exército que segura a candidatura de André Puccinelli”.

O evento também contou com a presença do presidente estadual do PSDB, deputado Beto Pereira, do presidente estadual do DEM, deputado federal Luís Henrique Mandetta,  do presidente estadual do PEN, deputado Lídio Lopes, do presidente do PSB, prefeito de Coxim, Aluizio São José, do presidente estadual do PTB, Nelsinho Trad e do prefeito de Campo Grande, Marcos Marcello Trad (PSD).

PMDB de Coxim marcou presença com várias lideranças políticas encabeçada pelo vice-prefeito Edvaldo Bezerra.