Internação de Temer em São Paulo adia posse de Marun como ministro

A posse do deputado federal Carlos Marun (PMDB) como ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, marcada para a tarde desta quinta-feira (14), foi adiada. A informação, divulgada pelo blog da jornalista Andreia Sadi, foi confirmada pela assessoria do parlamentar, e atribuída aos problemas de saúde recentes do presidente Michel Temer.

Temer passou na quarta-feira (13) por procedimento para desobstrução da uretra no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e não deve ter alta nesta quinta. Assim, a assessoria do Palácio do Planalto confirmou a necessidade de remarcação da agenda.

Há a expectativa de que a posse seja realizada nesta sexta (15), desde que Temer receba alta hospitalar – a princípio, embora seu estado de saúde seja bom, ele deve precisar de uma sonda para normalizar o funcionamento da uretra, conforme informou o Planalto, o que demandaria sua presença no hospital por mais tempo.

Substituição

Trata-se do segundo adiamento da posse de Marun na Secretaria de Governo da Presidência. O deputado chegou a ser anunciado no cargo em novembro, ao lado de Alexandre Baldy (novo ministro das Cidades), por meio de postagem no Twitter oficial do Palácio do Planalto. O texto, porém, foi apagado.

Marun assume a vaga ocupada pelo deputado federal tucano Antônio Imbassahy (BA), que deixa o cargo em meio à saída do PSDB da base aliada do Governo Temer. A indicação do parlamentar sul-mato-grossense contou com as bênçãos da bancada do PMDB na Câmara, tendo como peso extra a disposição de Marun em abdicar da disputa pela reeleição e permanecer no cargo até o fim do governo.

Nesta manhã, Marun atuava normalmente em Brasília, participando de reunião da CPMI da JBS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *