Mandetta usa tribuna pra anunciar desistência a reeleição

Luiz Henrique Mandetta (DEM) não disputará a reeleição. O deputado federal está no exercício de seu segundo mandato, A possibilidade de inclusão de seu nome na legenda para a candidatura deste ano, ainda seria possível até 15 de agosto, data limite para apresentação dos nomes à Justiça Eleitoral. Porém, Mandetta não concorda com aliança do partido junto ao PSDB em Mato Grosso do Sul.

Para Ele, a coligação estava “mal calibrada”. Já para o Democratas, uma das versões apontadas até então era justamente que a composição de chapas que dificultassem a reeleição de seus deputados federais era um impeditivo para o acordo. Tereza Cristina disputará a reeleição.

As coligações realizadas pelo DEM para disputar a eleição para a Câmara devem acontecer em uma chapa com PSDB, PSD e PP, entre outros partidos. O partido ainda indicou seu presidente regional, Murilo Zauith, para a vice na campanha de Reinaldo Azambuja (PSDB) à reeleição.

Ainda durante o seu discurso na tribuna da Casa, Mandetta destacou a sua caminhada durante estes dois mandatos, as propostas as quais se opôs, como o ingresso de profissionais cubanos no Mais Médicos, E disparou críticas às administrações do PT e do presidente Michel Temer, “este presidente que aí está, eleito pelo PT, cria das negociatas do PT com o PMDB”.

Enfatizou ainda questões como o abandono da ferrovia entre Três Lagoas e Corumbá e debates sobre desmatamento no Pantanal, além dos problemas na segurança pública na região de fronteira, para introduzir o debate local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *