O deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, juntamente com lideranças políticas municipais, manteve audiência com o secretário Nélson Tavares (Saúde), requerendo o apoio do Governo do Estado para a reabertura do hospital de Batayporã.

A comitiva de Batayporã foi formada pelo prefeito Jorge Takahashi, pelo vice-prefeito Luiz Fernando, vereadores – incluindo Cacildo Paião e Samuel Macedo, autores do pedido de audiência apresentado pelo deputado Onevan de Matos ao secretário de Saúde –, secretária Marcela Macedo (Saúde) e dirigentes do hospital.

Hospital Fechado – A Sociedade Hospitalar São Lucas, unidade que atende a população de Batayporã pelo SUS, está fechada desde o início de novembro de 2016, decorrente da falta de verbas para manutenção, bem como de dívidas contraídas pela instituição.

O prefeito Jorge Takahashi propôs uma nova parceria com o Governo do Estado, de modo a compensar os recursos investidos pela Prefeitura Municipal e pelo Governo no hospital, além dos recursos oriundos da União através do Sistema Único de Saúde.

“Precisamos da parceria e do apoio do Governo do Estado, especialmente em razão do nosso município não possuir muitos recursos para subsidiar a gestão do hospital. Estamos cientes das responsabilidades apontadas pelo Governo, de modo que vamos trabalhar para que o Hospital São Lucas volte a atender nossa população”, destacou Takahashi.

Expectativa – As lideranças políticas de Batayporã saíram com bastante expectativa da reunião, tendo em vista a possibilidade da concretização da parceria, o que vai permitir a reabertura do hospital do município.

“A população de Batayporã necessita de seu hospital de portas abertas, garantindo atendimento às pessoas, principalmente as mais humildes. As dificuldades financeiras existem, todavia, precisam ser suplantadas. O Jorge Takahashi acabou de assumir a Prefeitura de Batayporã e, juntamente com o apoio dos vereadores e da sociedade organizada, está trabalhando para que o Hospital São Lucas retome suas atividades o mais breve possível”, concluiu Onevan de Matos.