Gilberto Occhi anuncia verba para ativar Hospital do Trauma em Campo Grande

O ministro da Saúde, Gilberto Magalhães Occhi, visita o Hospital do Trauma, unidade anexa à Santa Casa, inaugurada março deste ano, para informar sobre o repasse de verba para ativação do hospital. Serão necessários aproximadamente R$ 6,5 milhões mensais para o custeio.

Occhi também deve passar pelo Hospital de Câncer Alfredo Abrão para vistoriar o setor de Radioterapia. A unidade recebeu a doação de um acelerador linear que não estava sendo utilizado em Goiás no mês passado.

Em março, o então ministro Ricardo Barros veio a Capital para a entrega do prédio do Hospital do Trauma e posteriormente deixou o cargo para se candidatar na próxima eleição.

O hospital deverá realizar aproximadamente 10 mil internações por ano, além de 9 mil cirurgias, 10 mil consultas, com ampliação dos serviços de diagnósticos clínicos e de imagens.

Para realizar a obra em 2016, houve aporte de R$ 8,4 milhões, sendo R$ 1,6 milhão do governo Estadual, R$ 2,5 milhões do Ministério da Saúde, R$ 3,2 milhões da prefeitura e R$ 890 mil da ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande), mantenedora da Santa Casa. A instituição precisou investir mais R$ 4 milhões para readequar o projeto estrutural inicial.

Com 100 leitos de internação, 10 UTIs (Unidade de Terapia Intensiva), cinco salas cirúrgicas, duas salas para pequenos procedimentos cirúrgicos, três salas de observação com 15 leitos, três consultórios, duas salas de odontologia, duas salas de radiologia, uma sala de fisioterapia, uma sala de reabilitação, uma sala de tomografia, sala de emergência, área para recebimento de ambulâncias e estacionamentos que comporta 55 carros e 12 motocicletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *