Na rede social Instagram o empresário Edson Macena divulgou que “Dia 24 de agosto tem a RAINHA DA SOFRENCIA no Parque de Exposições Alcindo Pereira de Ponta Porã”.

Na segunda-feira Edson Macena postou “Se antecipe, compre no LOTE PROMOCIONAL e PAGUE MENOS. Postos de vendas: Sorveteria D’Licius, Auto Porã, Compushopp e Uva e Verde”.

Em julho de 2017, Marília conquistou o posto de artista brasileira mais ouvida no YouTube. Ela ficou em 13º no ranking mundial, superando artistas como Adele, Ariana Grande, Shakira e Taylor Swift. Em setembro de 2017, outra marca: a cantora ultrapassou três bilhões de visualizações em seu canal oficial, sendo a primeira brasileira a conquistar o número em menos de dois anos.

Apesar de ter nascido no município de Cristianópolis, que fica distante 90 quilômetros da capital de Goiás, a cantora conta que sempre viveu em Goiânia, e que seu nascimento no interior se deve à amizade de seu pai com um médico da cidade.

Marília teve o seu primeiro contato com a música na igreja, e começou a compor por volta dos doze anos de idade.

A primeira composição da artista que se tem notícia é da canção “Minha Herança”, que foi gravada pela dupla sertaneja João Neto & Frederico dois anos depois de escrita, em 2009.

Mesmo sendo menor de idade, Marília investiu na carreira de compositora, escrevendo mais canções do gênero. Nesse período, foi autora de canções de sucesso como “É com Ela que Eu Estou”, de Cristiano Araújo”, e de “Cuida Bem Dela” e “Até Você Voltar”, de Henrique & Juliano.

Estreou como cantora em 2015, aos 20 anos, com a participação em duas músicas da dupla Henrique & Juliano: “A Flor e o Beija-Flor” e “Impasse”.

Logo em seguida, no mês de julho, Marília gravou o disco Marília Mendonça: Ao Vivo. Feito em um cenário com decoração simples e com garrafas de bebidas alcoólicas, o álbum foi lançado oficialmente em março de 2016.

Disponibilizado tanto nos formatos de CD e DVD pela gravadora Som Livre, recebeu aclamação positiva do público, alcançando o topo das paradas brasileiras iTunes Album Chart e TOP 20 Semanal ABPD.

Entre as canções de destaque do disco, estão o single “Infiel” e a canção “Eu sei de Cor”, a qual liderou a Brasil Hot 100 Airplay em 2016 por cinco semanas.

Infiel” tornou-se a quinta música mais executada nas rádios do Brasil naquele ano, além de já ter sido a segunda canção brasileira com mais visualizações no YouTube, atrás apenas de “Ai, Se Eu Te Pego”, de Michel Teló. Após alcançar sucesso na divulgação do material no YouTube, passou a ser chamada de “Rainha da Sofrência”. (Com informações wikipédia)

Fonte: liderfmms