Na sua 2ª edição, o Projeto busca aproximar os alunos das artes plásticas e descobrir novos talentos. Uma forma inovadora de ter contato com a arte. Idealizado pelo artista plástico e publicitário Carlos Vera, com incentivo da SECTUR (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), o projeto envolve sete artistas plásticos da capital e 70 alunos da Rede Municipal da 5ª a 9ª série, mostrando técnica e o estilo de cada um deles: Carlos Vera, Patrícia Helney, Mauricio Saraiva, Sonia Correia, Pedro Guilherme, Ton Barbosa e Rosane Bonamigo.

Participam do projeto 14 escolas Municipais, incluindo uma em Rochedinho: Escola Municipal Barão Do Rio Branco, Escola Cel. Sebastião Lima, Escola Dr. Tertuliano Meirelles, Escola Jose Dorileo De Pina, Escola Prof. Arlindo Lima, Escola Prof. Elizabel Maria Gomes Salles, Escola Gov. Harry Amorim Costa, Escola Padre Jose De Anchieta, Escola Prof. Virgílio Alves De Campos, Escola Prof. Aldo De Queiroz, Escola João de Paula Ribeiro, Escola Nazira Anache, Escola Prof. Arassuay Gomes De Castro, Escola Prof. Iracema Maria Vicente.

Foram selecionados cinco alunos de cada escola para conhecer e desenvolver técnicas de artes plásticas de cada artista. Uma interação que proporciona o desenvolvimento criativo desses alunos, cada um dos selecionado recebeu um kit (tela, lápis, borracha, folhas de papel sulfite, gode, tinta acrílica e pincéis) e acompanhamento de um artista plástico para desenvolver uma obra de arte conforme a sua imaginação, com objetivo de levar mais conhecimento e técnica da cultura sul-mato-grossense a todos, além de difundir e valorizar as artes plásticas do nosso estado.

Será montada uma exposição coletiva, com 70 telas inéditas produzidas pelos alunos e 21 telas dos artistas.

Este projeto foi contemplado no edital do fundo Municipal de Investimentos Culturais (FMIC)2107

Sem dúvida essa é uma oportunidade única para o desenvolvimento criativo e imaginário de cada aluno, onde irá propiciar e mostrar a expansão e incentivo da Prefeitura Municipal de Campo Grande, o FMIC (Fundo Municipal de Investimentos Culturais) e a SECTUR (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), a toda a população de Campo Grande.

A abertura da exposição será no dia 15 de junho, às 19 horas no Shopping Bosque dos Ipês, com entrada gratuita. Aberta para visitação até o dia 29 de junho.