Iniciativas de Escolas Estaduais beneficiam o meio ambiente

Assessoria _ Divulgação

A preocupação com o meio ambiente tem levado estudantes e professores das escolas públicas do Estado de Mato Grosso do Sul à busca de soluções inovadoras e eficientes. Um bom exemplo é o projeto “1ª Construção de Ideias Científicas e Tecnológicas”, com subtema “Hortas”, realizado pela Coordenadoria Regional de Educação de Coxim (CRE-4), responsável por importante iniciativa com enfoque na bioeconomia, diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável.

Cinco unidades escolares, localizadas nos municípios na região norte do Estado e estudantes do ensino fundamental e médio participaram do trabalho: EE Santos Dumont (Costa Rica), EE Francisco Ribeiro Soares (Pedro Gomes), EE Silvio Ferreira (Coxim), EE Vergelino Mateus de Oliveira (Rio Verde de Mato Grosso) e EE Thomaz Barbosa Rangel (Rio Verde de Mato Grosso).

Canteiros e métodos de compostagem foram revistos com a mudança na dinâmica da geração de lixo orgânico, dando clareza ao que deve, ou não, ser descartado como inservível. Uma vez separados, os resíduos orgânicos são  destinados às “composteiras” e garantem adubo de excelente qualidade para as hortas. Para os idealizadores, a ação incentiva o comportamento sustentável dos estudantes e introduz melhores práticas pedagógicas e de gestão ambiental.

“A fórmula de sucesso dessa empreitada pode parecer simples, mas exige muita motivação e ações ininterruptas. O sustento desta iniciativa é formado por professores-pesquisadores apaixonados pelo que fazem e pelo empenho dos estudantes de turmas de 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio, que já conseguem compreender os benefícios da sustentabilidade e da bioeconomia”, declarou a coordenadora da CRE-4, Maira de Quevedo. (Com informações de Theresa Hilcar da Subcom).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here